Você deu uma boa olhada na imagem acima? Essa aranha imensa achou que seria uma boa ideia se instalar no interior aconchegante de uma caixa de correio e ali ter seus filhotinhos — centenas deles! E onde é que se encontra essa toca dos horrores? Adivinha! Só podia ser na Austrália, né, caro leitor! Confira no vídeo a seguir:

Brincadeiras a parte, segundo Joseph Hinchliffe, do portal Bendigo Advertiser, a caixa de correio pertence a uma mulher chamada Natasha Joyce, que vive na cidade de Bendigo, localizada no estado de Victoria, e a inquilina assustadora foi descoberta quando ela foi conferir se havia alguma correspondência. O mais incrível é que, em vez de fugir para as colinas, como a maioria de nós faria, Natasha ficou feliz da vida!

Socorro!

De acordo com Joseph, na verdade, Natasha, que é estudante da Universidade La Trobe, já havia descoberto a aranha — um exemplar do gênero Holconia, endêmico da Austrália — há algum tempo e sabia que ela estava prestes a se tornar mamãe. Tanto que Natasha e um bando de crianças da vizinhança não só batizaram o bicho de Hortênsia, como entraram em contato com especialistas e criaram uma espécie de maternidade para ela.

Mamãe aranha e seu "ninho"

Segundo a estudante, quando ela descobriu a aranha na caixa de correio, ela percebeu a presença de uma grande ooteca — uma espécie de “saco” tecido com a teia onde o aracnídeo deposita seus ovos. Natasha, então, entrou em contato com entomólogos locais e foi aconselhada a tomar bastante cuidado com o aracnídeo, pois, durante o período de incubação, eles se tornam muito mais agressivos do que o normal.

Bebês aranha

Após receber instruções de como proceder com a aranha, diariamente, Natasha e seus coleguinhas de bairro iam conferir como Hortênsia estava, até que, um belo dia, eles abriram a caixa de correio e se depararam com a aranha e pelo menos 200 arainhas.

Toca dos horrores

Conforme os especialistas alertaram, a mamãe aranha adota uma posição de ataque toda vez que a maternidade improvisada é aberta, portanto, Natasha providenciou uma segunda caixa de correio — para evitar que algum carteiro desavisado leve uma bela picada. De qualquer maneira, a família parece estar bem. Infelizmente — ou não, se você for da turminha que detesta aranhas! —, apenas dois ou três dos filhotes sobreviverão até a maturidade.