Muita gente fala que prefere os cachorros ao homem, justamente pela questão da fidelidade. Os cães são ditos como nossos melhores amigos e acreditava-se que eram incapazes de mentir. Porém, pesquisadores da Universidade de Zurique, na Suíça, mostraram que a realidade pode ser um pouquinho mais dolorosa...

A ideia era tentar compreender se os animais seriam capazes de nos enganar para benefício próprio. Para isso, a cientista Marianne Heberlin analisou o comportamento de 27 cães. Eles eram adestrados por duas mulheres que apresentavam comportamentos diferentes: uma era mais generosa e dava petiscos caninos, enquanto a outra era mais egoísta e não entregava as salsichas que segurava.

Depois de um tempo de treinamento, era fácil perceber que os cachorros iriam atrás daquela que mais os agradavam – por mais que ela carregasse os biscoitos, menos preferidos por eles, do que as salsichas, que eles amavam.

"Rindo da sua cara"

Em seguida, três caixas eram colocadas na frente dos cães: uma vazia, outra com salsicha e a terceira com petisco. Todas estavam fechadas, e a ideia era fazê-los levar uma das mulheres para lhes dar a comida preferida. Em aproximadamente 80% das vezes, os cachorros se dirigiam à mulher que já tivera sido generosa no experimento anterior.

Segundo os pesquisadores, os cães deveriam pensar: “Por que eu deveria dizer para a pessoa egoísta em qual caixa estava a comida preferida se eu não iria consegui-la?”. Isso seria uma forma de tirar vantagem do comportamento das pessoas se interessando apenas por aqueles que lhes trazem mais benefícios. E aí, você concorda?