Você concorda que o Egito está entre os locais que mais foram vasculhados em busca de tesouros arqueológicos na História, certo? Pois você acredita que até hoje — depois de séculos de explorações — artefatos são achados por lá? Outro dia mesmo a enorme estátua de um faraó foi encontrada em um poço lamacento de uma favela no Cairo, e teve também as ruínas de uma pirâmide de 3,7 mil anos que foram descobertas durante uma expedição. E não é que acabaram de anunciar que uma tumba cheia de múmias e estatuetas foi localizada em Luxor!

De acordo com Owen Jarus, do site Live Science, os artefatos foram descobertos durante escavações lideradas pelo Ministério de Antiguidades do Egito em um complexo funerário. Mais precisamente, segundo os arqueólogos que participaram da expedição, eles encontraram um labirinto de túneis e câmaras contendo as múmias, sarcófagos, restos humanos e uma porção de coisas mais.

Surpreendente

Além das múmias, sarcófagos — alguns deles ainda preservando as cores originais — e ossos, o time também descobriu uma coleção de mais de mil estatuetas feitas de madeira, terracota e faiança, um tipo de cerâmica branca. Conforme explicaram os arqueólogos, era comum que as pessoas fossem enterradas com essas figuras no Antigo Egito, uma vez que elas acreditavam que esses objetos poderiam trabalhar pelo defunto no além.

O complexo funerário abriga inúmeras tumbas e foi originalmente construído por um homem chamado Userhat durante o que os arqueólogos chamam de Novo Reino — período compreendido entre os anos de 1550 e 1070 a.C. Segundo Owen, durante essa etapa de sua história, o Egito era unificado e, por um bom tempo, controlou vastos territórios no Oriente Médio e em uma região que atualmente corresponde ao Sudão.

Em algum momento, o complexo funerário foi fechado. No entanto, com o fim do Novo Reino, o local voltou a ser aberto — e várias múmias e objetos funerários foram colocados em seu interior. Segundo Owen, o Ministério de Antiguidades explicou que o sítio faz parte de uma antiga necrópole maior conhecida como Dra' Abu el-Naga e também anunciou que as escavações devem continuar até que todo o complexo seja explorado.

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a ser bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.