Por mais que você não seja uma pessoa muito fã de filmes de ação, ainda assim é bem provável que você já tenha visto “O Exterminador do Futuro”, com o ícone do fisiculturismo, do cinema e da política Arnold Schwarzenegger. A seguir, conheça alguns fatos curiosos sobre o filme, lançado em 1984, há exatos 30 anos:

1 – A ideia de fazer o filme aconteceu graças a um pesadelo que o diretor e roteirista James Cameron teve em Roma, em um evento de cinema. Ele disse ter sonhado com uma “figura mortal metálica saindo do fogo”.

2 – Há quem diga, no entanto, que de original a ideia não tinha nada. Harlan Ellison acusou Cameron de roubar sua ideia, e o caso foi parar nos tribunais. De acordo com Ellison, “O Exterminador do Futuro” era uma nova versão de “Soldier”, que ele havia escrito em 1964. Os dois chegaram a um acordo cujos valores nunca foram divulgados. Cameron depois disse sobre Ellison: “É um parasita que pode beijar a minha bunda”.

3 – Aprenda com o exemplo de Cameron: é preciso arriscar para colocar grandes projetos em prática. A verdade é que Cameron queria tanto vender seu roteiro que acabou cobrando o valor de US$ 1 por ele. A primeira pessoa a ler o roteiro foi o agente de Cameron, que odiou a história – à época, Cameron morava em seu carro, só para você ter ideia da condição financeira do diretor.

O agente foi demitido e Cameron ficou ainda mais motivado a correr atrás de seu sonho, vendendo o roteiro à produtora Gale Anne Hurd, que pagou US$ 1 pela história. O acordo era: se ela achasse o roteiro bom, Cameron seria o diretor. Deu certo e “O Exterminador do Futuro” faturou US$ 78,3 milhões.

4 – O primeiro ator a ser cotado para viver o Exterminador foi Lance Henriksen, que causou uma ótima impressão ao entrar chutando a porta e agindo como o personagem, com uma jaqueta de couro e ouro nos dentes. A encenação foi tão boa que a secretária do local derrubou a máquina de escrever no chão com o susto. Ele acabou fazendo parte do elenco, interpretando o detetive Hal Vukovich.

5 – Um dos atores sugeridos para dar vida ao Exterminador foi O. J. Simpson. Cameron recusou a sugestão por achar que Simpson tinha cara de uma pessoa boazinha demais.

6 – Schwarzenegger foi escalado, incialmente, para interpretar Kyle Reese, mas, durante um almoço com Cameron, o diretor acabou mudando de ideia e viu, diante de si, o Exterminador que tanto queria. Schwarzenegger não gostou da ideia assim logo de cara, afinal ele não queria ser o vilão da história. Depois da insistência do diretor, o ator acabou aceitando ficar com o papel maior do filme.

7 – Na Polônia, o filme foi vendido como “O Assassino Eletrônico”. Isso aconteceu porque a palavra “terminator” é traduzida no polonês como “aprendiz”, que não tem nada a ver com a essência do título. Com a popularidade do filme na Polônia – e em todo o mundo –, os títulos passaram a ser exibidos em inglês.

8 – O cantor Sting foi convidado para interpretar Kyle Reese em troca de um cheque de US$ 350 mil. Além dele, outros nomes foram cotados para o papel: Bruce Springsteen, Matt Dillon, Kurt Russell, Tommy Lee Jones, Mickey Rourke, Michael O’Keefe, Scott Glenn e Mel Gibson.

9 – Mesmo depois de Cameron conseguir vender seu roteiro, os atores escolhidos para dar vida aos papéis principais do longa tinham dúvida a respeito da recepção do filme. Schwarzenegger chegou a se referir ao longa como “um filme de merda”. Linda Hamilton também admitiu que teve dúvidas a respeito da qualidade do filme quando participava das gravações.

***

E aí, você já sabia desses detalhes sobre o filme? Conhece alguma outra história envolvendo o elenco ou alguém da produção? Conte para a gente nos comentários!