Um rapaz de 22 anos, que não teve o nome divulgado, passou por uma delicada cirurgia em Xangai, na China, para retirar 75 centímetros de intestino. Ele estava com a Doença de Hirschsprung, que afeta as contrações do órgão responsáveis por empurrar as fezes até o buraco de saída.

O resultado disso é que os dejetos vão se acumulando dentro do cólon a ponto de fazer essa parte do intestino crescer a tamanhos assustadores. A barriga do rapaz apresentava uma protuberância tão grande que ele até parecia grávido! Ele sofria com o distúrbio há anos, que lhe causavam dores horríveis.

O problema de constipação era tratado com laxantes, mas a eficácia desses remédios foi diminuindo com o passar dos anos. O cirurgião Yin Lu, do 10º Hospital do Povo de Xangai, coordenou a equipe que operou o rapaz por 3 horas e retirou 75 cm de seu intestino. O pedaço retirado pesava impressionantes 13 quilos!

Doutor Yin Lu posa com a parte retirada do intestino do rapaz

Sobre a Doença de Hirschsprung

Também conhecida como megacólon agangliônico congênito, a Doença de Hirschsprung (DH) afeta 1 a cada 5 mil nascidos. Normalmente ela é diagnostica logo após o nascimento, já que o bebê tem dificuldades para liberar o mecônio, ou seja, as primeiras fezes com coloração bastante escura e que devem ser expelidas com até 48 horas de vida. Barriga inchada e vômito de bile também podem ser os primeiros sinais da doença.

Normalmente, a DH atinge mais o sexo masculino: de cada 5 afetados, 4 são homens. O diagnóstico é feito através de radiografia, manometria e biópsia. O tratamento é apenas cirúrgico, no qual os médicos retiram a parte do cólon que apresenta o defeito congênito e religam as seções saudáveis.

Crianças mais velhas e adolescentes também podem apresentar a DH e normalmente sofrem de prisão de ventre por toda a vida. Elas costumam apresentar um ganho de peso considerável, mesmo quando não se alimentam direito. É importante que isso seja diagnosticado com o máximo de antecedência possível. 

Cólon normal e cólon inchado: tratamento para doença é apenas cirúrgico, retirando a seção com problema

***

Você sabia que o Mega Curioso também está no Instagram? Clique aqui para nos seguir e ficar por dentro de curiosidades exclusivas!