Nós aqui do Mega Curioso adoramos histórias envolvendo alienígenas! Sejam elas aparições estranhas, abduções sinistras ou conspirações governamentais – todos temos um pouquinho de Fox Mulder e Dana Scully em nossas veias. Porém, um ex-engenheiro da NASA, chamado James Oberg, disse recentemente que qualquer fenômeno paranormal tem alguma explicação científica.

E o cara entende do assunto: ele trabalhou na agência espacial durante os anos 1990 e depois se tornou jornalista e historiador voltado à pesquisa do cosmos. Seu foco de estudo passou a ser a desmistificação de imagens e vídeos de supostos OVNIs. “Nosso sistema sensorial funciona muito bem para as condições da Terra, mas ainda somos uma civilização muito local – quando avançamos para nossa vizinhança espacial, nossa visão fica confusa”, teoriza Oberg.

James Oberg estuda aparições de supostos OVNIs

Até mesmo supostos avistamentos de naves espaciais por seus ex-colegas da NASA possuem uma explicação: segundo Oberg, isso é resultado de assistirmos a muitas ficções científicas sem nos atermos, de fato, à ciência em si. “Eu tenho muita experiência com voos espaciais reais e percebo que o que é visto em muitos vídeos não é nada além de fenômenos mundanos em ambientes incomuns”, analisou o historiador.

Nave alienígena vista na Estação Espacial?

James Oberg também desmistificou alguns vídeos que fizeram sucesso na internet nos últimos anos. Em um deles, da própria NASA, algo parecido com uma nave aparece ao fundo da Estação Espacial Internacional. Pouco depois, o sinal da NASA foi cortado, levando muitos caçadores de alienígenas a acreditarem que se tratava de um OVNI. Confira o vídeo:

Para Oberg, a silhueta não passa de “caspa espacial” – algo formado por coisas que vazam dos veículos humanos no espaço, como flocos de gelo, lascas de tinta e pedaços do isolamento. É semelhante ao lixo espacial, mas, ao contrário deste, não representa riscos à Estação Espacial.

Esse tipo de “aparição” é bastante comum em vídeos feitos no espaço, levando pessoas “sentadas em seus computadores e na segurança de suas casas a ficarem surtadas”, nas palavras de Oberg. Porém, para quem está lá no espaço, são situações bem rotineiras. Esses objetos ainda “somem e reaparecem” com frequência porque a própria Estação Espacial (ou nave, dependendo do vídeo) acaba entrando na frente dos raios solares que os iluminam.

OVNI na Califórnia?

No final do ano passado, viralizaram as imagens de um suposto OVNI sobre a Califórnia, nos Estados Unidos. Um rastro de luz branca parece “explodir” de repente, provocando um clarão no céu noturno. Posteriormente, foi explicado que tudo não passava de um teste com míssil da Marinha estadunidense.

Segundo Oberg, as gravações só fizeram sucesso porque na Terra estamos acostumados apenas a ver trilhas de vapor deixadas por alguns aviões – principalmente iluminadas pelo Sol. À noite, de fato, é bastante incomum ver uma trilha luminosa, por isso nós acabamos nos interessando pelo assunto, que tem, sim, uma explicação plausível.

Apesar do ceticismo, James Oberg torce para que vídeos de supostos aliens continuem sendo divulgados. “É bom para conhecermos possíveis anomalias e consertá-las rapidamente”, explicou o estudioso. “Além disso, sempre existe a possibilidade de ser uma anomalia genuína, um mau funcionamento de uma nave espacial ou ainda algo ameaçador e inesperado para alguma missão”, finalizou Oberg.