Talvez muitos ainda não saibam, mas alguns fatos bem bizarros não são raros de ver no dia a dia do reino animal, principalmente quando o assunto é o cruzamento de raças ou espécies diferentes uma da outra.

O zonkey — também conhecido como zebrinny, zebrula ou zedonk — é um bom exemplo disso, sendo o resultado da malandragem de um burro que pulou a cerca e foi pra lua de mel com uma zebra. Além dessa combinação inusitada, também existem outros tipos de cruzamentos que não são raros de encontrar: entre zebras e cavalos ou burros e mulas.

Como tudo aconteceu

Nascido no Reynosa (zoológico localizado no estado de Tamaulipas, México) em 21 de abril desse ano, o filhotão ganhou o nome de Khumba pela equipe que cuida dos animais de lá. De acordo com alguns especialistas no assunto, sua mãe é a zebra Rayas e seu pai é o ilustre burro Ignacio (será que foi em homenagem ao Lula?), que é albino, tem os olhos azuis e mora em uma fazenda próxima do zoo.

De acordo com o zoológico, Rayas costumava dar uma volta no fim da tarde para aliviar a tensão. Porém, com o passar dos dias, notou-se que isso era motivo para ela ir ver o seu pretendido (o garanhão Ignacio) e fazer uma visita íntima em sua cela. Resultado: tiveram um lindo e raro bebê.

Sabe o que é mais impressionante nisso tudo? É que os cromossomos de uma zebra e um burro são incompatíveis. Portanto, um filhote entre eles é algo muito raro no mundo da bicharada.