Existem algumas pessoas que dizem que os gatos não são afetuosos, que não exigem tanta atenção dos seres humanos e que por isso não se importam muito com os donos. Há diversos exemplos que contestam esse tipo de afirmação, e o que vamos falar a seguir é mais um deles – porém, nesse caso, estamos falando de um gatinho que se importa com outros animais.

Conhecido como Gato Enfermeiro, vamos à história de Radamenes, um felino de pelos pretos que foi resgatado pela veterinária Lucyana Kuziel na Polônia. O bichano estava em péssimas condições quando foi resgatado das ruas, e a médica veterinária tinha tomado a decisão de sacrificá-lo devido aos seus ferimentos. Contudo, ela diz que ele deve ter sentido o que estava prestes a ocorrer, pois começou a reagir rapidamente e lutar pela vida.

Em questão de poucas semanas, Radamenes ficou melhor e estava de pé – um gatinho saudável novo em folha. Depois de ter sido curado, o felino adquiriu um hábito bastante peculiar no abrigo veterinário: ficar ao lado de outros animais doentes. De acordo com a Dr. Lucyana Kuziel, o bichano dorme junto com os animais resgatados (sejam cachorros ou gatos) e algumas vezes limpa as orelhas deles também.

O mais interessante é que ele só faz isso com os bichinhos que estejam particularmente debilitados. “É como se ele sentisse que já esteve tão perto da morte e foi capaz de se recuperar que hoje quer ajudar os outros animais a passar pelo mesmo processo”, diz Dr. Lucyana. Radamenes foi adotado pela equipe do abrigo e hoje vive com eles, como se fosse um funcionário para ajudar outros bichinhos em perigo.