Sabe a imagem que você viu quando clicou para conferir a matéria? Pode ficar tranquilo, que nós vamos incluir ela novamente abaixo, para você poder observar os detalhes melhor, mas, basicamente, ela mostra as Pirâmides de Gizé, no Egito, e o que parecem ser três estrelas enormes alinhadas com as majestosas estruturas. A fotografia em questão foi compartilhada recentemente nas redes sociais e curtida, comentada e “recompartilhada” milhares e milhares de vezes. Mas, o que, exatamente, ela mostra e, mais importante, será que a cena é real?

Pirâmides de GizéFantástico, né? (El País/Verne)

Raridade

De acordo com o pessoal do El País/Verne, a impressionante imagem vem acompanhada da informação de que o que vemos são as pirâmides perfeitamente alinhadas com os planetas Mercúrio, Vênus e Saturno, e que esse extraordinário e belíssimo fenômeno apenas ocorre uma vez a cada 2.373 anos.

No entanto, apesar de a foto ter voltado a circular pela internet recentemente, originalmente, a imagem surgiu há alguns anos — mais especificamente, em 2012, quando rolou um anúncio de que o tal alinhamento raríssimo ocorreria na noite do dia 3 de dezembro, exatamente uma hora antes do alvorecer (no horário local).

Alinhamento raroMesma imagem, só que de 2012 (Snopes)

A verdade é que essa história de alinhamento é baseada em um fenômeno astronômico real que de fato se deu em dezembro daquele ano — quando as órbitas dos três planetas os deixaram em um posicionamento incomum. Entretanto, alinhados ou não, Mercúrio, Vênus e Saturno nunca ficariam visíveis a olho nu aqui da Terra tal e como se vê na imagem. Jamais!

Não pode!

Isso porque, para começar, segundo a reportagem do El País/Verne, primeiro que em nenhum momento os três planetas apareceriam tão brilhantes no céu noturno, sem falar que é impossível que o alinhamento ocorresse de maneira tão perfeita, de forma que fosse possível traçar uma linha reta ao longo de MercúrioVênus e Saturno.

Além disso, o posicionamento do trio de mundos seria muito mais vertical e, ademais, por conta do plano em que os planetas viajam no Sistema Solar, Mercúrio jamais poderia ser observado nesse posicionamento junto a Vênus e Saturno. E, sobre o alinhamento propriamente dito, apesar de ser incomum, ele não é assim tão raro — tanto que esse mesmo fenômeno já havia ocorrido em 2005, e voltou a acontecer em 2016.

Aliás, já que estamos no assunto de fakes, veja a imagem a seguir (também compartilhada recentemente pelo Twitter):

Parece familiar? Segundo o El País/Verne, na versão que você acabou de ver acima, a imagem foi atribuída a um suposto fotógrafo armênio chamado Tnevni Odunem e, nela, seria possível ver ainda mais planetas alinhados sobre as Pirâmides de Gizé!

Nesse caso, os mundos envolvidos no espetáculo celeste seriam Mercúrio, Vênus, Marte, Júpiter, Saturno e Urano, todos enfileiradinhos para um fenômeno ainda mais raro que o anterior e que ocorreria uma vez a cada 7.567 anos. E, conforme o rumor, a coisa toda só é visível porque os raios solares incidiriam sobre Netuno e ele funcionaria como uma espécie de lanterna planetária. Fantástico, né?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!