1. “Psicose” foi o primeiro filme norte-americano e mostrar um banheiro

E não foi só isso. Foi também o primeiro filme dos Estados Unidos em que se ouve uma descarga sendo ativada. Pense!

2. “O Exorcista” foi o primeiro longa-metragem de terror a ser indicado à categoria de Melhor Filme no Oscar

Embora até hoje o gênero pareça não cativar tanto a Academia, “O Exorcista” recebeu 10 indicações ao Oscar em 1974, incluindo o de Melhor Atriz Coadjuvante para Linda Blair, que tinha apenas 15 anos na época.

3.Stephen King não era fã de “O Iluminado”

Em uma entrevista à Playboy em 1983, o autor Stephen King revelou que admirava o diretor Stanley Kubrick e tinha grandes expectativas para o projeto, mas acabou bastante decepcionado com o resultado. Segundo ele, alguns trechos parecem sem graça e a escalação de Jack Nicholson também não ajudou. “Seu último grande papel antes foi em ‘Um Estranho no Ninho’, e entre isso e o sorriso maníaco, o público automaticamente o identificou como um louco desde a primeira cena. Mas o livro é sobre o processo gradual de enlouquecimento de Jack Torrance através da influência maligna do Hotel Overlook — se o cara já parece louco no início, então toda a tragédia de sua queda é desperdiçada.”

4. Foram necessários 7 anos para fazer “Aliens, O Resgate”

“Por que tudo isso?”, você deve estar se perguntando. Advogados e dinheiro, obviamente. As discussões sobre uma sequência começaram logo após “Alien, o 8º Passageiro” (1979) ter sido um sucesso; no entanto, foram adiadas devido a uma disputa entre os produtores do filme e a 20th Century Fox sobre a distribuição dos lucros. O estúdio, relutante em fazer uma continuação porque sairia caro, finalmente concordou com isso como uma forma de resolver a questão. Curiosamente, os mesmos produtores, além de James Cameron e Gale Anne Hurd, processaram a Fox novamente após “Aliens, O Resgate”, alegando que o estúdio havia usado técnicas de “contabilidade criativa” para evitar pagá-los.

5. O serial killer Ed Gein serviu de inspiração para 3 grandes filmes de terror

Condenado por assassinar de duas pessoas e suspeito no desaparecimento de outras cinco, Ed Gein acabou sendo enviado para um hospital psiquiátrico por suas ações. Em sua fazenda, no estado norte-americano de Wisconsin, foram descobertos inúmeros itens macabros, dentre eles quatro narizes, nove máscaras feitas de pele humana, várias cabeças decapitadas, abajures e tigelas feitos de pele, lábios usados ??como um puxador na cortina da janela e um cinto feito de mamilos. Por conta disso, ele acabou inspirando alguns dos títulos mais icônicos de todos os tempos: “Psicose”, “O Silêncio dos Inocentes” e “O Massacre da Serra Elétrica”.

6. O roteiro de “Halloween” não indicava o uso de uma máscara específica

A descrição da máscara para Michael Myers apontava apenas “as características pálidas e neutras de um homem”. Para o filme havia duas opções, ambas de látex pintadas de branco e compradas pelo designer de produção Tommy Lee Wallace por menos de US$ 2 cada em lojas de brinquedo. Uma delas era uma réplica da máscara de um personagem de palhaço chamado “Weary Willie”, popularizado pelo ator Emmett Kelly, e a outra era uma máscara do capitão Kirk de “Star Trek”. No fim das contas, a de Kirk foi escolhida em virtude de seu olhar, que se encaixava perfeitamente com o personagem Myers.

7. O final original de “A Hora do Espanto” era muito diferente

Na versão original do fim do longa, Peter Vincent se transformava em um vampiro enquanto apresentava “A Hora do Espanto” ao vivo.

8. O elenco de “A Bruxa de Blair” usava GPS para encontrar suas instruções para o dia

A produção programava pontos para que os atores localizassem caixas de leite com três pequenos recipientes plásticos. Cada um continha notas sobre a direção em que a história estava indo para cada personagem, e não era permitido ver as dos outros. A partir daí, eles ficavam livres para improvisar o diálogo, desde que seguissem as instruções gerais recebidas.

9. Gene Hackman foi cotado para estrelar e dirigir “O Silêncio dos Inocentes”

Gene Hackman e a Orion Pictures dividiram os US$ 500 mil necessários para adquirir os direitos de produzir um filme baseado no livro. No entanto, ele acabou desistindo dias depois de assistir a trechos de sua performance em “Mississipi em Chamas”, durante a cerimônia do Oscar de 1989. O ator preferiu não assumir outro papel sombrio na sequência, especialmente na pele de um personagem ainda mais desagradável.

10. Drew Barrymore foi escalada para protagonizar “Pânico”

A atriz mudou de ideia 5 semanas antes de a produção começar. Em vez disso, ela sugeriu interpretar Casey Becker, a adolescente aterrorizada pelo assassino na cena de abertura. Antes de escalarem Neve Campbell, diretores de elenco consideraram Alicia Witt, Brittany Murphy e Reese Witherspoon para o papel de Sidney Prescott.

11. Uma bruxa de verdade foi contratada para ajudar a deixar “Jovens Bruxas” mais autêntico

A fim de garantir que a representação Wicca em “Jovens Bruxas” fosse a mais próxima possível da realidade, os cineastas recorreram à consultoria de Pat Devin, membro de uma das maiores e mais antigas organizações Wicca dos Estados Unidos. Ela teve um papel bem significativo na processo e chegou a trabalhar diretamente com as atrizes algumas vezes.

12. Originalmente, Damien tinha um nome diferente em “A Profecia”

O roteirista David Seltzer planejava nomear seu anticristo como Domlin, inspirado no filho “totalmente desagradável” de um amigo, mas sua esposa o convenceu de que isso seria uma coisa horrível. No fim, ele acabou optando por Damien em referência ao padre Damien, que iniciou a primeira colônia de leprosos nas ilhas havaianas.

13. “Brinquedo Assassino” foi inspirado em um fato real

Em 1909, o pintor e autor Robert Eugene Otto alegou que um dos empregados de sua família havia colocado uma maldição vudu em seu brinquedo de infância, Robert. Segundo ele, o boneco se movia de cômodo a cômodo, derrubava móveis e falava. O brinquedo foi, então, deixado no sótão até a morte de Otto, em 1974, quando novos proprietários se mudaram para sua casa na Flórida. Acontece que a nova família também relatou atividades misteriosas conectadas ao boneco. Pense! Hoje, Robert está em exposição em Key West, Flórida.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!