O artista Frédéric Müller fez uma associação inusitada com alguns carros clássicos e resolveu compartilhá-la com o mundo. A série Ride of the Wild possui oito imagens a partir de modelos 3D que retratam veículos personalizados inspirados em animais selvagens.

O suíço imaginou que hipopótamos talvez gostassem de dirigir seu próprio Aston Martin ou que leões poderiam pilotar picapes potentes. Por que não fantasiar que jacarés viveriam ferozmente na pista? E se pandas pudessem ser nostálgicos e ficar vagando pelo mundo em grande estilo? Tudo isso é possível graças ao trabalho executado pelo artista digital.

Os quatro carros clássicos usados foram Aston Martin DB5 (1963), Ford F-250, Fiat 600 (1977) e Chevrolet Corvette Stingray. Müller pensou em tudo e espera que as pessoas sentem, relaxem e deixem a imaginação levá-las para um passeio especial.

1. Aston Martin DB5 de 1963

Fonte: Frédéric Müller

Olhando essa imagem, é impossível que não tenha vindo a sua cabeça um hipopótamo. A curvatura, as orelhas e até mesmo a cor não são meras coincidências, tudo foi pensado nos mínimos detalhes, inclusive a placa H1PP0 que faz parte do pacote.

Fonte: Frédéric Müller

2. Ford-250 de 1967

Fonte: Frédéric Müller

A cor e o nariz já deixam claro que o próximo animal é um leão. O Ford-250 é a combinação perfeita para a vida selvagem do felino, pois está pronto para desbravar o mundo em busca de aventuras. Além da cor, das orelhas e do focinho, a placa L10N é um complemento.

Fonte: Frédéric Müller

3. Chevrolet Corvette Stingray de 1968

Fonte: Frédéric Müller

Inspirado na figura de um jacaré, o Chevrolet Stingray tem uma pegada mais esportiva e deve ser conduzido por um réptil profissional, levando em consideração que o motor dessa máquina a permite atingir velocidades surreais. Os detalhes pontiagudos ao lado da placa G4T0R fazem referência aos dentes, e o verde esmeralda chamaria atenção de qualquer um que o visse circulando por aí no mundo real.

Fonte: Frédéric Müller

4. Fiat 600 de 1977

Fonte: Frédéric Müller

Não vale olhar a placa antes de tentar adivinhar o animal, ok? As duas cores denunciam que se trata do urso panda em ação. Não há quem não o ache fofinho e adorável, até porque esses faróis e as orelhas combinam perfeitamente com ele. O clássico foi inspirado no personagem que sai pelas estradas com sua bagagem em busca de aventuras.

Fonte: Frédéric Müller

Making off do processo artístico

Fonte: Frédéric Müller

Cada passeio personalizado possui um adesivo World Wide Fund for Nature (WWF), para lembrar do status vulnerável desses animais selvagens. Se você achou este texto animal, compartilhe!