Dê uma boa olhada na imagem acima. Viu aquele pontinho brilhante bem ali, entre os anéis de Saturno? Somos nós! Ou melhor, é o nosso planetinha — visto a extraordinários 1,4 bilhão de quilômetros de distância pela sonda espacial Cassini da NASA.

Segundo a agência espacial, o registro foi capturado no dia 12 de abril e, a partir do horário em que ele foi realizado, os astrônomos calcularam que a região da Terra que se encontrava voltada para a direção de Saturno naquele momento correspondia ao sul do oceano Atlântico.

Aliás, a NASA também divulgou uma versão ampliada da mesma imagem, e nela a Lua pode ser vista, à esquerda do nosso planeta — na forma de um pontinho brilhante menor ainda. Veja a seguir:

Viu o "cisquinho" ali do lado? É ela, a Lua

Caso você tenha ficado curioso, os anéis que aparecem no registro são o A, na parte superior, e o F, visível na parte inferior, e durante a observação, eles se encontravam à contraluz, isto é, “de costas” para a luz solar. Mais precisamente, a captura consiste em um mosaico de imagens clicadas enquanto o disco de Saturno bloqueava o Sol.

Além disso, dois espaços famosos, o Encke e o Keeler, podem ser vistos no registro, e ambos os espaçamentos se encontram no anel A. O Keeler conta com pouco mais de 40 quilômetros de largura e é criado pela presença da lua saturniana Dafne. Já o Encke — bem mais evidente na parte superior da imagem — possui cerca de 325 quilômetros de largura e é resultado da presença do satélite Pan.

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.