Quando se fala em whisky, é bem provável que a garrafa quadrada de rótulo preto seja uma das primeiras a passar pela sua mente. Afinal, não é à toa que o famoso Jack Daniel’s é o whisky mais vendido do mundo.

Produzida na pequena cidade de Lynchburg, no estado do Tennessee, há mais de 140 anos, a bebida começou a ganhar fama depois de aparecer em alguns artigos de importantes revistas da década de 1950 que revelaram personalidades como William Faulkner, Winston Churchill e Frank Sinatra como grandes apreciadores do whisky americano.

Estátua de Jack Daniel localizada na frente da fonte da destilaria. Fonte da imagem: Reprodução/Wikimedia Commons

Lynchburg é uma cidade do condado de Moore, que conta com uma população de apenas seis mil pessoas. Por esse motivo, seu maior atrativo é a destilaria do finado Jack Daniel – uma das mais famosas do mundo e a mais antiga dos Estados Unidos – que atrai anualmente cerca de 250 mil visitantes.

Agora, o que nem todos eles sabem é que, por incrível que pareça, é contra a lei vender ou comprar qualquer tipo de bebida alcoólica – e, infelizmente, isso inclui o produto mais famoso da cidade – em todo o condado por causa da lei seca americana.

A lei data de 1910, quando a proibição foi instaurada no Tennessee e, mesmo tendo sido revogada em 1933, continua valendo no condado porque o governo local nunca se preocupou em liberar a comercialização de bebidas alcoólicas. Aparentemente, a população também não se sente incomodada com a proibição.

Fonte da imagem: Reprodução/Ionbox

Na verdade, existe um único lugar em toda a região onde é possível comprar legalmente uma garrafa de Jack Daniel’s e esse lugar é justamente a loja da destilaria. Mesmo assim, os visitantes podem levar para casa apenas uma edição comemorativa, que não pode ser aberta enquanto estiver nos limites do condado. Ainda, nenhum dos restaurantes locais tem permissão para vender doses da bebida.

Mesmo com a proibição, isso não diminui o números de turistas que desejam conhecer as instalações da destilaria, tampouco diminui a popularidade e as vendas do whisky ao redor do mundo.