Embora existam pessoas que preferem não colocar uma gota de álcool na boca, é inegável que sair para beber com os amigos, curtir uma birita na balada ou entrar na piscina e tomar uns bons drinques costumam ser atividades divertidas e relaxantes. Assim, coquetéis coloridos, bebidas customizadas e verdadeiras obras de arte alcoólicas foram criados para tornar tudo mais empolgante. Algumas receitas, no entanto, foram desenvolvidas para deixar você mal e arrependido até o último fio de cabelo por ter começado a manguaçar.

Sex on the Beach, Mojito, Piña Colada, Marguerita e até caipirinha de frutas vermelhas são ótimas combinações para ingerir um goró sem ficar muito alto ou ter aquela dor de cabeça no dia seguinte – além de o gosto ser, em geral, bem adocicado. Porém, para os seguidores da filosofia “bebo pra ficar mal; se fosse pra ficar bom, tomava remédio!”, foram elaborados shots fatais, capazes de acabar com a sua alegria de viver – por alguns momentos – em uma golada.

A ideia da lista compilada pelo site TopTenz é focar em drinques de embrulhar o estômago, com ingredientes inusitados e de gosto forte, capazes de fazer com que mesmo os marmanjos e veteranos da pinga prometam não se render mais à tentação do álcool – pelo menos, até a próxima noitada. Confira abaixo as dez bebidas mais nojentas que você jamais vai experimentar:

10) Prairie Fire (Fogo da Pradaria)

Modo de preparo: misture uma parte de tequila e uma parte de tabasco, colocando uma pitada de pimenta para dar gosto.

Se o álcool, em geral, já desce rasgando pela garganta, a combinação que compõe esse drinque faz o efeito se alastrar pela língua e pelo resto do corpo. As chances são de que você queira ter um belo copo de água a tiracolo para aliviar o sofrimento, mas a solução não é definitiva e acaba fazendo o ardor voltar com mais intensidade só para ensinar uma lição. Será que o efeito se alivia até o material chegar às “saídas” do corpo?

9) Liquid Steak (Bife Líquido)

Modo de preparo: misture uma parte de rum com uma parte de molho inglês.

A ideia de transformar um suculento pedaço de carne bovina em bebida até que não é ruim, mas, como já era esperado, o gosto da brincadeira não chega nem perto de um filé ou pedaço de picanha. O resultado, na verdade, é tão ruim que pode fazer com que o número de vegetarianos entre quem bebe socialmente cresça consideravelmente se o drinque for popularizado. Eca!

8) Alligator Sp3rm (Esp3rma de Jacaré)

Modo de preparo: colocar partes iguais de licor de melão e suco de abacaxi em um copo, com uma colher de chá de creme de nata cobrindo tudo.

Ah, nada mais empolgante do que batizar uma bebida com o líquido da vida, extraído diretamente do pênis de um réptil, hein? Felizmente, a obra só lembra vagamente o material secretado pelo animal, fazendo com que o produto possa ser consumido sem problema por ébrios de plantão sem muita noção das coisas. Vale notar que essa receita rende 100% de chance de você ser zoado pelos amigos no bar.

7) Bloody Tampon (O.B. Sangrento)

Modo de preparo: misture duas partes de vodca com uma parte de suco de tomate. O segredo? Chupe um guardanapo por 10 segundos antes de beber.

Se o casamento entre a bebida tipicamente russa e o suco inusitado já fez com que você não achasse tão ruins assim as combinações de gosto duvidoso da Absolut, secar suas papilas gustativas com o papel não vai ajudar a se esquecer do sabor dessa mistureba tão cedo. O “melhor” de tudo é que, se o mesmo guardanapo for utilizado diversas vezes seguidas, a semelhança com o absorvente interno feminino se torna progressivamente mais clara – ou avermelhada, por assim dizer.

6) Cement Mixer (Misturador de Cimento)

Modo de preparo: adicione uma parte de suco de limão a uma parte de Baileys Irish Cream. Brinque um pouco com ele na boca antes de engolir.

De toda a lista, o “Misturador de Cimento” é provavelmente o drinque menos repugnante quando se fala em sabor, já que o creme de licor irlandês é bastante saboroso por si só, e o limãozinho extra não estraga o seu apetite. O problema é que a reação química entre os dois elementos faz o Baileys assumir uma consistência bem densa, obrigando o usuário a misturá-lo com a língua à força ou se sufocar e cuspir tudo na cara dos colegas.

5) Prairie Oyster (Ostra da Pradaria)

Modo de preparo: coloque uma parte de bourbon no copo e abra um ovo cru por cima dele, adicionando um pouco de Tabasco para finalizar.

Vamos supor que você foi encarregado pela chefia de preparar uma festinha descontraída para um colega do escritório. O problema? Você odeia o indivíduo. A solução? Criar uma bebida dedicada única e exclusivamente ao homenageado, apresentando uma receita capaz de fazer com que mesmo um desafeto durão se dobre a tomar um gole do líquido e “chame o Hugo” ali mesmo, na frente de toda a empresa. Um uísque barato e ovos após a data de vencimento podem render alguns pontos extras na sua lista de maldades.

4) The Eggermeister (O Ovomeister)

Modo de preparo: coloque uma parte de Jägermeister em um copo alto e adicione ovos em conserva. Beba tudo, mas não antes de mastigar cada ovo.

Começando do ponto que bastam algumas doses de Jägermeister para que você passe mal, perca as estribeiras e tenha uma amnésia incrível – se é que isso é possível –, a adição de ovos em conserva torna tudo um pouco mais, digamos, fatal. O ingrediente “levemente” nojento só tem seu sabor intensificado pelo mar de álcool em que ele está mergulhado, causando uma explosão de sensações – péssimas, acreditamos – na sua boca. Disposto a encarar esse desafio e ter uma aventura mais tensa que a de “Se Beber, Não Case”?

3) Infected Whitehead (Cravo Infeccionado)

Modo de preparo: misture uma parte de vodca e um Bloody Mary, adicionando uma colher cheia de cottage.

Se o nome e a combinação de ingredientes não fizeram com que o almoço sendo digerido queira visitar a sua boca novamente, o visual dessa obra de arte etílica deve dar conta de ativar o interruptor de vômito na posição “Ligado” indefinidamente. O mix consegue a façanha de fazer um belo copo de bebida se transformar no recipiente usado para coletar pus naqueles vídeos nojentos de espinhas e cravos monstruosos no YouTube. Não sei quanto a você, mas minha fome passou na hora.

2) Tapeworm (Solitária)

Modo de preparo: misture uma parte de vodca com uma parte de tabasco, adicione uma pitada de pimenta e, para complementar, despeje um monte de maionese quente no copo.

Conforme a lista vai chegando ao fim, fica difícil não imaginar que o próprio Tinhoso foi o responsável por planejar alguns desses drinques. Mesmo que você seja um grande fã de maionese, as chances são de que inserir uma quantidade considerável dela em um shot seja seu último desejo em vida. Na real, colocar um parasita de verdade em um copo com pinga pura pode acabar sendo mais saboroso – e menos nojento – que a receita original.

1) New Jersey Turnpike (Pedágio de Nova Jersey)

Modo de preparo: pegue os tapetes e os panos de limpeza do seu bar favorito e torça tudo até que o seu conteúdo preencha um copo de shot.

Provavelmente desenvolvido por algum nova-iorquino da gema – com seu ódio e desprezo típicos pela cidade vizinha –, o drinque busca aproveitar cada gota derramada no chão e no balcão do botequim mais visitado por você e sua turma. Por conta dos ingredientes surpresa do item, cada versão dele é única e com um sabor diferente.

Ainda que o Pedágio seja uma ótima maneira de encerrar uma noitada quando se está extremamente bêbado, o mais provável é que você não consiga tomar muitos desses na vida, já que a falta de higiene e o número de germes e doenças envolvidos na receita devem diminuir muito a chance de chegar à melhor idade com saúde e disposição. No mínimo, seu “eu futuro” vai te odiar pela disenteria constante e pelo gosto de bituca de cigarro na boca.

***

Se esta listinha fenomenal não fizer você e seus amigos terem histórias para contar por um bom tempo, pode ser sinal de que vocês estão bebendo além da conta e o álcool não faz mais efeito em seus organismos. Para o restante dos humanos normais, superar uma bateria com cada item dessa compilação pode exigir a tradicional canja da vovó, muita água fresca e alguns remédios bizarros – afinal, às vezes é preciso combater fogo com fogo.

Qual foi o pior drinque que você já tomou em toda a sua vida? Comente no Fórum do Mega Curioso!