Crédito: Shutterstock

Ter uma boa noite de sono é importante não só para o descanso. Atualmente, muitos estudos têm apontado que dormir bem é essencial para a saúde e o bem-estar geral, melhorando a imunidade, o humor, a memória, a prevenção de doenças vasculares, sendo que até pode ajudar na perda de peso.

Segundo um estudo japonês de 2009, trabalhadores do sexo masculino que sempre iam para a cama antes da meia-noite tinham artérias coronárias mais saudáveis do que aqueles dormiam depois da meia-noite. Embora as razões exatas ainda não sejam totalmente compreendidas, o especialista do sono Michael Breus disse ao site The Huffington Post que uma programação de sono mais antecipada pode ser mais saudável.

Leia também:

"Nós sabemos que as pessoas notívagas e os trabalhadores noturnos têm mais problemas de saúde médico e mental. Uma das razões mais evidentes é que, quem dorme cedo e acorda mais cedo recebe mais luz solar, ajudando na síntese da vitamina D, que de certa forma ‘acerta’ o relógio biológico", explicou o pesquisador Michael Breus.

Entretanto, nos dias agitados que vivemos de trabalho e compromissos — além do o fato de que estamos cercados de distrações (como os aparelhos eletrônicos) —, o hábito de dormir está ficando com o tempo reduzido. E, quando se trata de dormir cedo então, para muita gente se desligar fica ainda mais difícil.

Então, o que fazer para ir para a cama mais cedo, conseguindo um sono mais duradouro e de qualidade para ter mais saúde e disposição durante o dia? Confira abaixo algumas dicas de especialistas de acordo com o The Huffington Post.

Aparelhos eletrônicos longe da cama

Uma pesquisa norte-americana da Sleep Foundation constatou que 95% das pessoas usam dispositivos eletrônicos na hora de dormir, pelo menos algumas noites por semana e o sono delas pode estar sofrendo por causa disso.

Tente estipular uma regra para manter a tecnologia fora de sua cama e desligue todos os dispositivos, pelo menos, uma hora antes de deitar. “A exposição à luz artificial intensa pode deixar o ato de adormecer mais difícil, pois suprime a liberação do hormônio melatonina que promove o sono, aumentando o estado de alerta e mudando o ritmo circadiano para uma hora mais tarde", afirmou o especialista do sono Charles Czeisler, à Reuters.

Mantenha um diário de compromissos

Muitas vezes ficamos nos virando na cama de um lado para o outro, pois ainda estamos muito despertos devido aos compromissos que temos de fazer nos dias seguintes. Para livrar a mente disso, separe um tempinho à noite para fazer uma lista de deveres e compromissos, marcar eventos em um calendário e anotar tudo o que lhe causa preocupação. Segundo o especialista Michael Breus, esse ato “limpa” a mente e pode ajudar a aliviar o sono.

Crédito: Shutterstock

Programe um alarme para dormir

Decidir e manter um horário regular para dormir pode ser uma ótima forma de ter mais qualidade de sono. Para isso, você pode programar um alarme para lhe avisar 15 minutos antes da hora de ir para a cama.

Deixe o trabalho no escritório

Com o crescimento da conectividade, aumentou o número de pessoas que estendem o seu trabalho noite adentro e nos finais de semana, completando projetos inacabados e enviando e-mails a partir de seus smartphones. Como foi dito acima, o uso desses aparelhos atrapalha o sono. Por isso, tente ao máximo se limitar ao trabalho no escritório e fique longe do celular, notebook ou tablet ao menos uma hora antes de ir para a cama.

Se exercite no início do dia

Já está mais do que comprovado que quem se exercita tem o sono melhor. Segundo uma pesquisa da Sleep Foundation, quem se exercita no início do dia, em vez de à noite, pode desfrutar da melhor qualidade de sono, adormecendo mais rápido. Por isso, se possível, tente mudar sua rotina de atividades físicas para a manhã ou à tarde. Assim, além de melhorar a sua hora de dormir e ter mais disposição, você também terá mais tempo livre de noite para ler um livro, namorar, ter um jantar tranquilo ou curtir a família.

Comece uma rotina

Sabe aquela rotina que os pais fazem para as crianças? Banho, pijaminha, jantar, uma história de um livro, luz baixa e finalmente luzes apagadas? Tudo isso também funciona para os adultos. Segundo os especialistas, essas atividades ajudam de fato a colocar o corpo em um estado de calma e pode acostumar o seu organismo a antecipar o sono.