Estela Meléndez, 110 anos, é uma chilena com uma história impressionante. A idosa foi levada ao médico depois de sofrer uma queda, e uma radiografia da pélvis acabou revelando que a mulher carregava um feto mumificado.

“Quando uma pessoa de idade sofre uma queda, é feita uma radiografia para descartar uma fratura de pélvis. Foi nessa imagem que apareceu a coluna vertebral de um feto”, explicou à BBC Mundo Dagoberto Duarte, diretor do Serviço de Saúde Valparaíso-San Antonio.

Mundo Luis, irmão de Estela, contou à BBC que a senhora fez uma raspagem há mais de 60 anos de um filho que perdeu, mas, pelo visto, o procedimento não foi executado. Anos depois, na década de 80, Meléndez voltou ao mesmo hospital com dores na região, mas foi diagnosticada e operada de um suposto câncer.

Segundo as autoridades médicas do Chile, não há nenhum registro de que a paciente tenha sido operada de câncer ou realizado exames anteriores ao diagnóstico. Agora, uma comitiva está sendo instaurada para avaliar qual seria o melhor procedimento para ajudar Estela, já que uma cirurgia direta para remover o feto seria muito arriscada.

Via EmResumo.