Aqui no Mega Curioso, nós temos o costume de compartilhar notícias, imagens, memes e, principalmente, coisas bizarras no chat da equipe. Qual não foi a minha surpresa ao receber um vídeo intitulado “Top 5 de baleias explodindo”.

Eu, que nem tinha conhecimento de que isso acontece com elas, assisti a um compilado de sangue e tripas voando. Bizarro, eu sei.

Mas aí surgiu aquela dúvida: o que acontece no corpo de uma baleia morta para que ela exploda pelos ares?

Bruce Mate, diretor do Instituto de Biologia Marinha da Universidade Estadual de Oregon, já lidou com inúmeras carcaças de baleias em sua carreira. Ele explica que o acúmulo de gás é apenas uma parte da degradação dos tecidos e que ele, normalmente, tende a sair pela boca ou pelo ânus.

Mas vamos começar do início: por que o gás se acumula nas baleias? Wolfgang Weinmann, toxicologista forense da Universidade de Berna, na Suíça, explica que os gases que se acumulam em animais mortos vêm de diferentes “fontes”: “Nesta situação, a putrefação e a fermentação são os possíveis culpados. Durante a putrefação, as proteínas dos tecidos começam a se quebrar, causando gases com odores nada agradáveis”, revela.

Quando os produtos dessas duas etapas se unem, os gases gerados podem ficar aprisionados por baixo de uma espessa camada de gordura. Para ficar mais claro: você se lembra de quando ia comemorar o seu aniversário e se empolgava demais na hora de encher os balões? Pois é: quanto mais cheio, mais fácil de estourar.

Cuidado!

Quando um animal desse porte aparecer morto na praia, a melhor coisa a se fazer é, com o auxílio de um barco, arrastar o corpo para o mar. Lá, um especialista pode executar a liberação do gás de maneira controlada, através de uma fenda rasa.

Mesmo que você encontre vídeos incríveis de explosões envolvendo esses mamíferos, o fenômeno pode acontecer em qualquer animal que esteja em decomposição. A única diferença é em relação ao tamanho: não espere grandes estouros vindos de um esquilo, por exemplo.

*Publicado em 30/05/2016