1 – Mulheres grávidas realmente comem por duas pessoas?

Vai dizer que você nunca ouviu alguma gestante dizendo que precisa comer por duas pessoas durante a gravidez? A verdade é que muitas mulheres não sabem exatamente quantas calorias a mais devem ingerir. Para acabar de vez com essa dúvida, saiba que são necessárias apenas 200 calorias extras por dia, e isso somente nos últimos três meses da gestação.

O ideal mesmo é que a mulher faça um bom acompanhamento nutricional durante a gestação, para que não apenas consuma a quantidade ideal de calorias, mas também para que elas sejam nutritivas. É preciso evitar o ganho excessivo de peso durante a gestação, pelo bem da saúde da mãe e também do bebê. Ou seja: não existe isso de comer por dois, não!

2 – A mulher deve comer mais coisas salgadas se quiser um menino e mais coisas doces se quiser uma menina

Essa é mais antiga, lá dos tempos da sua avó, e, ainda que já tenhamos informações suficientes para pelo menos suspeitar que isso não é sério, algumas pessoas acreditam mesmo que o tipo de alimento consumido pela gestante pode interferir no gênero do bebê.

O que se sabe nesse sentido é que mulheres que têm uma dieta mais calórica no momento da concepção são ligeiramente mais propensas a ter filhos meninos, mas não se recomenda comer bastante só por causa dessa expectativa, hein.

3 – O formato da barriga indica o sexo do bebê

A única coisa que se pode ver, e ainda não tão facilmente, com relação ao formato da barriga da mulher é se ela está grávida pela primeira vez ou não. Depois do primeiro filho, os músculos abdominais podem ficar mais fracos, e aí a barriga fica mais baixa, mas isso varia bastante também.

4 – Ter azia significa que a mulher vai ter um filho cabeludo

Por mais bizarro que isso pareça, a verdade é que alguns cientistas já foram atrás desse assunto, e o que se descobriu, em um estudo realizado com 64 grávidas, foi que a maioria das que disseram sentir bastante azia durante a gestação acabou tendo bebês mais cabeludos mesmo, e as que não tiveram azia ganharam bebês carequinhas. E aí, você acha que isso faz sentido?

5 – Fazer seu bebê ouvir música clássica ainda na barriga vai torná-lo uma pessoa inteligente

Não há qualquer comprovação disso, mas o que se sabe é que algumas músicas têm o poder de deixar o bebê relaxado e mais calminho, especialmente quando a mulher as ouve durante a gestação e depois do parto. Isso acaba facilitando a transição do bebê para o mundo exterior, por trazer um som com o qual ele tem familiaridade.

6 – Curry, abacaxi e sexo podem induzir o trabalho de parto

Existem muitas mulheres acreditando que comer curry ou abacaxi é algo que pode antecipar a chegada do bebê. Da mesma forma, há quem acha que o melhor mesmo é fazer sexo, e essa crença tem a ver com a prostaglandina, um hormônio presente no sêmen e que poderia induzir o trabalho de parto.

Ainda não há evidências comprovadas sobre isso – de qualquer forma, se der vontade de comer curry, abacaxi ou de fazer sexo, não há contraindicação.