Antes de tudo, pegue sua latinha de bera, que o assunto é ótimo: beber todos os dias pode aumentar a criatividade, diz um novo estudo publicado na revista "Consciousness and Cognition". Mas calma lá, que não é para encher a cara, não... Segundo os pesquisadores, a quantidade ideal seria de 500 ml para os homens e 350 ml para as mulheres, em média.

O estudo foi feito pela Universidade de Graz, na Áustria, e dividiu um grupo de 80 pessoas aleatoriamente em dois subgrupos: um que tomaria cerveja com álcool e um que tomaria a bebida sem álcool. A quantidade tomada pela primeira equipe era nivelada para cada indivíduo, sendo que eles deveriam atingir 0,03 decigramas de álcool por litro de sangue.

Depois disso, os voluntários realizaram diferentes atividades para avaliar sua capacidade cognitiva e criativa, como, por exemplo, jogos de palavras. Foi notado um desempenho superior por aqueles que tinham consumido a cerveja com álcool. “Há duas teorias sobre como isso funciona: a primeira é que, quando você está realmente se concentrando em resolver um problema, você pode se tornar fixado demais e ficar preso a apenas uma maneira de abordá-lo. O álcool pode tornar mais difícil a concentração nos detalhes, mas ao mesmo tempo ajudar a encontrar outras direções”, explica o Dr. Mathias Benedek.

Quantidade moderada de cerveja pode nos deixar mais criativos

“A segunda teoria é a de que o álcool, apesar de ser uma distração para a tarefa central, permite que sua mente atinja pontos inconscientes e encontre soluções alternativas”, complementou o autor do estudo.

A nova pesquisa parece confirmar outra publicada em 2012, que concluiu justamente que o consumo de álcool, em pequenas quantidades, pode aumentar o raciocínio e a criatividade. Porém, é sempre importante relembrar: se for dirigir, não beba; mas se for beber, chame a gente!