Recentemente, nós do Mega Curioso comentamos por aqui que tínhamos a impressão de que estava rolando uma “força-tarefa” arqueológica no Egito — dada a quantidade de coisas que vêm sendo descobertas por lá ultimamente. E eis que mais um achado importante acaba de ser anunciado! Desta vez, encontraram oito tumbas contendo 40 sarcófagos em um cemitério próximo à Necrópole de Tuna e-Gebel, assim como uma imensa coleção de artefatos.

Sumo sacerdote

De acordo com Michelle Starr, do site Science Alert, as tumbas pertencem ao final da Dinastia Ptolomaica e consistem em um complexo subterrâneo que começou a ser escavado no final do ano passado. Os pesquisadores explorando o sítio afirmaram que o local permaneceu intocado por mais de 2 mil anos — e acreditam que eles terão pelo menos cinco anos de trabalho pela frente para identificar e catalogar tudo o que vem sendo coletado. Veja no vídeo a seguir, divulgado pelo Ministério de Antiguidades do Egito:

O complexo é composto por um grande número de túneis funerários contendo as sepulturas de várias famílias e, entre elas, os arqueólogos identificaram a tumba de um sumo sacerdote dedicado a Thoth — divindade egípcia com cabeça de íbis e deus da sabedoria, das ciências, da magia, da mediação, da escrita e do julgamento dos mortos.

Nessa tumba, os pesquisadores encontraram hieróglifos em potes deixados em seu interior identificando a sepultura como “Djehuty-Irdy-Es” e seu ocupante como sendo “Um dos Cinco Grandes”, título que, segundo Michelle, era reservado aos sacerdotes mais destacados de Thoth. Os arqueólogos também encontraram potes contendo os órgãos bem-preservados do ocupante da tumba, assim como seu corpo mumificado adornado com uma seleção de joias e enfeites.

Achados

Segundo Michelle, a múmia do sacerdote foi encontrada com um colar de bronze que mostra uma imagem da deusa Nut com as asas abertas simbolizando proteção no além-vida, bem como quatro amuletos incrustados com pedras preciosas, contas coloridas e um par de olhos de bronze decorados com marfim e cristal.

Thoth Imagem de Thoth descoberta na tumba de Amenkhopshef, no Vale das Rainhas, em Luxor (Looklex Encyclopaedia)

Os arqueólogos também acharam cerca de mil estatuetas funerárias conhecidas como ushabti na tumba — e explicaram que essas figuras costumavam ser colocadas nas sepulturas egípcias para representar servos ou seguidores que deveriam acompanhar o morto em sua viagem para o além.

No total, os arqueólogos encontraram 13 sepulturas nessa tumba, mas elas ainda precisam ser devidamente identificadas. Ademais, os pesquisadores descobriram outra tumba no complexo contendo o que eles acreditam ser membros de uma mesma família — que, juntas, conforme mencionamos anteriormente, guardavam 40 sarcófagos, uma porção de múmias. Pois, como as escavações continuam no local, a expectativa é de que muitos outros artefatos sejam encontrados. E se forem, pode ficar tranquilo, que nós do Mega traremos atualizações para você!