1. Bicos coloridos

Uma das características mais marcantes dos papagaios-do-mar é o seu bico colorido, em vibrantes tons laranjas e amarelos. O que muita gente não sabe é que a coloração só é assim durante o período de reprodução, no qual pode significar que eles sejam parceiros mais saudáveis para montar uma família. No resto do ano, os bicos se tornam mais desbotados, já que as aves não precisam mais chamar a atenção.

papagaio-do-mar

2. Brilho no escuro

Os bicos dos papagaios-do-mar são tão impressionantes que até brilha sob a luz negra! A parte amarela ganha tons fluorescentes que intrigam os biólogos. Ainda não se sabe, entretanto, se essa característica tem alguma funcionalidade na vida do animal.

papagaio-do-mar

3. Espécies diferentes

São três as espécies de papagaios-do-mar: o fradinho (Fratercula arctica), que possui tom azulado na base de seu bico e é encontrado no Atlântico Norte; o papagaio-do-mar-de-chifres (Fratercula corniculata), que tem o bico bem dividido entre laranja e amarelo e que habita o Oceano Pacífico; e o Fratercula cirrhata, que não tem nome popular em português, também mora no Oceano Pacífico e possui um bico mais alongado com tons avermelhadas e até esverdeados.

papagaio-do-mar

4. Pescaria

O formato do bico do papagaio-do-mar facilita a pesca. Inclusive, uma fileira de espinhos na parte superior do bico, aliada a pequenos espinhos na sua língua, permite que essa ave possa abrir a boca logo após uma pescaria para coletar mais peixes – os que já estão na sua boca não conseguem escapar!

papagaio-do-mar

5. História de pescador

A característica acima faz com que os papagaios-do-mar só parem de pescar quando a boca está cheia de peixes. É comum ver uma ave dessas com até 10 peixes na boca, mas o recorde foi notado em uma ave marinha do Reino Unido que foi encontrado com nada menos do que 62 peixinhos na boca!

papagaio-do-mar