Você já reparou que, às vezes, parece que as aranhas simplesmente surgem do nada, como se 3 segundos antes elas não estivessem nem perto de onde você as encontrou? O temido aracnídeo é um mestre dos disfarces. Por ser extremamente flexível, sempre dá um jeitinho de se enfiar em qualquer fresta e consegue passar despercebida com certa frequência.

E se elas são capazes de sumir como ninjas dentro de casas e escritórios, imagine o que podem fazer em seu habitat natural, que costuma combinar direitinho com suas habilidades.

Poltys

Ela é uma entre as muitas aranhas tecelãs, mas o seu charme está no figurino, que lembra muito um pedaço de árvore. Ela caça durante a noite toda e, depois, ao longo do dia vai dormir enfiada em um tronquinho, com as pernas espremidas, se fazendo parecer parte dele.

Embora essa camuflagem seja mais para proteção do que para caça, ninguém gostaria de colocar a mão ali achando que só está pegando um indefeso toco.

Celaenia excavata

Se a intenção é se defender de predadores, ter a aparência menos apetitosa do mundo pode ser uma mão na roda. Essa espertinha se ajeita em forma de montinho e se camufla como um cocô de passarinho. Com tantas frutas, sementes, folhas e outros insetos, dificilmente o cocô vai entrar no menu.

Peckhamia picata

Quase a versão 007 das aranhas, a Peckhamia é perfeita para se infiltrar em território alheio e se misturar, mas felizmente só usa isso para evitar que os predadores a encontrem, não para caçar.

Ela se assemelha a uma formiga e, inclusive, se comporta como uma, a ponto de parecer apenas mais uma no meio da multidão. E se mesmo assim as formigas desconfiarem e vierem com suas anteninhas dar uma cheirada para ver se ela realmente faz parte da galera, Peckhamia tem uma carta na manga: não tem cheiro de nada, portanto as formigas não a identificam como um inimigo.

Pandercetes gracilis

Olhando pelas fotos, a camuflagem pode parecer não ser grande coisa, mas ela é bem esperta e, diferente das aranhas anteriores, usa seus dons para dar umas picadas.

Ela é capaz de encontrar locais na natureza que se assemelhem ao seu padrão de cores; depois, só espera que o alimento chegue perto e se arrependa disso. Ela também tem a vantagem de ter visão de quase 360°, com olhos na frente, atrás e em cima da cabeça.

Dolophones Conifera

Além daquela cor básica de galho de árvore — que faz com que muitas aranhas sumam diante de nossos olhos , ela é consideravelmente mais flexível que as outras e, em vez de se transformar em uma bolotinha, se estica e se enrola em volta do galho. Esse é um motivo muito bom para usarmos luvas enquanto lidamos com o jardim.

Misumena vatia

Felizmente, ela não existe no Brasil; porém, caso você vá para a Europa ou a América do Norte, dê uma conferida antes de pegar uma flor. Essa aranha tem a perigosa mania de mudar de cor para ficar igual às pétalas das flores  e é venenosa.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!