Que tal ter um pedacinho da Lua na sua casa? Pois esse desejo pode custar um pouquinho caro, pelo que foi visto em um leilão recente, que conseguiu arrecadar US$ 855 mil, ou R$ 3,3 milhões, por três minúsculas pedras provenientes de nosso satélite natural.

Os três pequenos pedaços de pedra lunar que foram vendidos vieram para a Terra em uma missão russa não tripulada que aconteceu em setembro de 1970

Você deve estar pensando que é muito, visto que a Lua é uma imensa bola de pedra de milhões de toneladas. O problema é que todo o material que foi tirado de lá pertence aos governos norte-americano e russo, portanto, as peças – se é que algo daquele tamanho pode ser chamado assim – que foram leiloadas são extremamente raras. Ainda assim, a NASA já trouxe cerca de 382 kg de pedras da Lua.

Rochas soviéticas

Os três pequenos pedaços de pedra lunar que foram vendidos vieram para a Terra em uma missão russa não tripulada que aconteceu em setembro de 1970, a Luna 16, que trouxe para o nosso planeta algo em torno de 310 g de rochas. As três pedrinhas foram dadas de presente para Nina Ivanovna Koroleva, viúva do designer-chefe e diretor do programa espacial soviético Sergei Pavlovich Korolev.

Guardadas em um cubo de metal de 5,1 cm x 5,1 cm com uma abertura em vidro de ampliação para melhor podermos apreciar as pedrinhas, as pequenas rochas são fragmentos de cristal de feldspato de apenas alguns miligramas. Acredita-se que sejam as únicas rochas lunares que pertençam a pessoas físicas, e não ao governo de algum país. Não se sabe quem foi o comprador das pedras.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Três pedacinhos de pedras da Lua foram leiloados por quase US$ 1 milhão via TecMundo