Todo mundo sabe que pode ser extremamente perigoso ter animais selvagens como bichos de estimação, não é mesmo? E mesmo no caso de exemplares que são resgatados e não podem ser devolvidos para viver em paz na natureza, eles não devem ir para a casa de ninguém, mas sim encaminhados a santuários especializados onde podem ser tratados de forma adequada por profissionais que sabem exatamente o que estão fazendo, certo?

(Reprodução / BBC / Zdenek Nemec / MAFRA / Profimedia)

Pois um homem na República Tcheca, embora aparentemente tivesse a melhor das intenções, acabou perdendo a vida tragicamente por tentar manter leões em casa. De acordo com Katy Evans, do site IFLScience!, a vítima se chamava Michal Prasek, tinha 33 anos de idade e vivia em uma cidadezinha chamada Zdechov.

Tragédia anunciada

Michal tinha 2 felinos, um macho que ele comprou em 2016, e uma fêmea, que foi adquirida no ano passando com a intenção de que o casal acasalasse e tivesse filhotes. Os animais eram mantidos em jaulas separadas que foram construídas no quintal da residência da família, e já fazia algum tempo que o tcheco estava envolvido em uma série de confusões com as autoridades e com a vizinhança por causa dos leões.

Primeiro que as autoridades não concederam a Michal as licenças necessárias para a construção das jaulas e, portanto, eles eram mantidos de forma ilegal. Além disso, os vizinhos – apavorados com a ideia de viver nas proximidades de animais selvagens – reclamaram dos leões uma e outra vez, e um ciclista quase morreu de susto em meados do ano passado quando tropeçou com o tcheco passeando com a leoa presa por uma simples coleira pela rua.

(Reprodução / The Independent)

Michal chegou a ser multado, mas, como não foram encontradas evidências de maus tratos contra os leões, e não havia nenhum local apropriado que pudesse receber os animais no país, o casal não pôde ser apreendido. Basicamente, ao mesmo tempo em que o tcheco não podia ter os animais em casa, muito menos colocá-los para procriar, as autoridades não tinham encontrado meios legais ainda de solucionar o impasse envolvendo as criaturas.

Então, há alguns dias, o pai de Michal chegou em casa e descobriu o corpo sem vida do filho no interior da jaula do macho, trancada por dentro, e chamou a polícia. No fim, a teimosia do rapaz e a insistência de manter os dois animais no quintal fizeram com que a história acabasse muito mal para todos, pois os dois leões acabaram sendo abatidos – para que os oficiais pudessem resgatar o cadáver do jovem. Uma pena.