O terraplanista americano "Mad" (ou louco, em inglês) Mike Hughes está prestes a ir para o espaço em um foguete caseiro movido a vapor em um lançamento que ele está dedicando ao presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

Essa não é a primeira vez que o "cientista" autodidata de 62 anos tenta coletar evidências provar que a Terra é plana. Em 2017, ele já tinha divulgado a primeira fase do seu programa espacial anticonspiração que foi mal-sucedido e, em março do ano passado, ele se lançou no espaço, mas não conseguiu provar nada com isso.

O terraplanista não desiste! (Fonte: CTV News)

Desta vez, "Mad" Mike Hughes planeja se lançar a mais de 1,5 mil metros no céu neste domingo, três vezes mais do que ele conseguiu atingir na última tentativa, quando conseguiu se lançar a 572 metros do chão antes que ele usasse o paraquedas para voltar para a Terra.

O objetivo final do terraplanista, que também é motorista de limousine, é alcançar a linha Karman, uma fronteira entre a atmosfera da Terra e o espaço exterior. De acordo com a NASA, a linha Karman se encontra a 80 quilômetros acima do nível do mar.

Hughes admite — pelo menos — que sua crença não possui fundamento científico algum. "Eu não acredito em ciência... Não há diferença entre ciência e ficção científica", disse ele à Associated Press. "Se acredito que a Terra tem a forma de um frisbee? Acredito que sim. Tenho certeza? Não. É por isso que quero subir até o espaço". O terraplanista dedica o lançamento de domingo ao presidente Trump, dizendo que espera inspirar os americanos.

O lançamento está previsto para ser filmado como parte de uma nova mostra do Science Channel intitulada "Homemade Astronauts" (Astronautas Caseiros, em inglês).