Um coletor de água que funciona em pleno deserto… Falando assim, parece até aquelas bugigangas de jogos de sobrevivência. Mas, pequeno gafanhoto, a ciência é capaz de dar forma até às ideias mais improváveis.

Um artigo científico recentemente publicado no periódico ACS Central Science detalha a mais nova versão do coletor de água capaz de extrair até 1,3 litros H2O da atmosfera — mais do que o suficiente para manter-se vivo. Criada pela startup Water Harvester Inc., essa máquina está dando o que falar.

Reprodução/UC Berkeley via Youtube

Sobrevivendo no deserto

Omar Yaghi, co-diretor do Instituto de Nanociências da Universidade da Califórnia, é o dono da startup e responsável pela invenção. Junto com um grupo de pesquisadores, ele escolheu o pior dos cenários possível para colocar o coletor à prova: um deserto extremamente árido localizado em Mojave, na Califórnia. Os teste de campo duraram três dias e, no final das contas, o saldo foi positivo.

https://youtu.be/-6T3ICXWqjc

Alimentada por apenas painéis solares e uma bateria potente, a máquina captou 0,7 litros (ou quase três xícaras) de água pura e limpa por dia. Os resultados foram 10 vezes melhores do que os apresentados pela sua versão anterior. “Algumas pessoas dizem que 0,7 litros não é muita água. Mas é muita água sim, se você não tem nenhuma.”, declara Yaghi. Mesmo no dia mais seco do deserto, com uma umidade relativa extremamente baixa marcando 7% e temperaturas acima dos 26º Celsius, o coletor ainda foi capaz de captar e armazenar 0,2 litros de H20.

Do deserto para o consumidor

Reprodução/UC Berkeley via Youtube

O objetivo, segundo o cientista, é comercializar a invenção. Mais teste continuarão a ser feitos para que uma versão do tamanho de um microondas capaz de fornecer de 7 a 10 litros de H20 seja inserida no mercado. Com base nas recomendações da Academia Nacional de Ciências, essa quantidade é suficiente para matar a sede de três adultos e ainda preparar alimentos para um dia.

Uma outra versão, agora para abastecer uma família inteira, também está sendo idealizada. Do tamanho de uma geladeira, esse coletor será capaz de fornecer fornecer de 200 a 250 litros de água por dia. As expectativas da empresa são bem altas: em alguns anos, a startup planeja criar um coletor que produzirá 20 mil litros por dia, para abastecer uma aldeia.

O que achou dessa invenção? Compartilhe nos comentários a sua opinião!