O satélite Cbers-4A, desenvolvido por brasileiros em parceria com a China, chegou na base de lançamento de Taiyuan na última terça-feira (5) para finalmente se preparar para o lançamento. A informação foi dada pelo G1 e confirmou que o equipamento iniciará seus trabalhos em órbita a partir do dia 17 de dezembro.

O Cbers-4A é desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e pela Academia Chinesa de Tecnologia Espacial. Ele já é o sexto que será lançado ao espaço em parceria com a China — o anterior, Cbers-4, foi lançado em dezembro de 2014.

satéliteEste é o sexto satélite lançado em conjunto por Brasil e China (divulgação/Inpe)

O satélite agora terá seus últimos testes e será acoplado em um foguete para o lançamento em dezembro. Ele dará 14 voltas ao redor da Terra, focando em capturar imagens do desmatamento da Amazônia e do mapeamento de queimadas. Outra função também será fornecer dados para a agricultura. Segundo a reportagem do G1, ele custou R$ 100 milhões e deve se manter em operação durante cinco anos.

Satélite feito por Brasil e China será lançado em dezembro via TecMundo