Zoológicos estão espalhados pelo mundo inteiro, mas não são muitos que têm o privilégio de ver um suricato nascer e se desenvolver. Essa era a realidade de um dos maiores zoológicos dos Estados Unidos. Era. Em 72 anos, o Zoo Miami nunca havia visto o nascimento de suricatos dentro de suas instalações, mas essa história mudou recentemente.

Fonte: Zoo Miami / Divulgação

O maior e mais antigo zoológico da Flórida e o quinto maior dos Estados Unidos agora tem dois bebês suricatos. Yam Yam, de oito anos, chegou a Miami de Busch Gardens Tampa e se tornou uma mãe suricato no dia 18 de janeiro de 2019.

Além de Yam Yam, três suricatos machos dividem o espaço: Gizmo, Joe e Diego, mas apenas um deles é o pai. Um exame de DNA pode até determinar quem é o pai biológico da mais nova dupla de suricatos do zoo, mas eles não se importam muito com isso e todo o bando está criando os filhotes. Juntos.

Fonte: Zoo Miami / Divulgação

Suricatos são conhecidos pela postura ereta. Nas planícies da África, onde vivem, eles costumam ser vistos, de pé, analisando as áreas por onde devem passar, até a amamentação de uma mãe suricato pode ser feita em pé.

Eles vivem em grupos e, em média, de 20 a 30 anos. Suricatos vivem coletivamente, enquanto um vigia, outro é responsável por avisar, outro procura comida. Além de fofos, suricatos, trabalham muito bem em equipe.

Fonte: Zoo Miami / Divulgação

Os novos bebês do Zoo Miami já estão aprendendo isso, sendo criados por todo o grupo.

Para brindar o público, o zoológico divulgou fotos dos novos bebês da casa.

Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação
Fonte: Zoo Miami / Divulgação