De acordo com dois astrônomos da Universidade de Maryland, a colisão do planeta Urano com outro grande corpo celeste pode ter sido a causa para a sua inclinação de quase 98 graus. Esse acontecimento também poderia explicar o surgimento de suas luas.

Em um artigo publicado na Nature Astronomy, cientistas e pesquisadores defendem um choque envolvendo Urano e um planetóide que possuía de uma a três vezes a massa da Terra e era feito principalmente de água e gelo.

Na simulação feita com essa nova hipótese, Urano teve sua órbita mudada completamente. O planeta de gelo, menor, teve parte da sua composição anexada ao corpo que gira em torno do Sol, enquanto que o restante ficou em sua órbita até se condensar e formar as luas e anéis que conhecemos atualmente.

Planeta Urano conta com uma inclinação de quase 98 grausPlaneta Urano conta com uma inclinação de quase 98 graus

Urano e Terra estão mais próximos do que você imagina

Os pesquisadores ainda compararam o acontecimento em Urano com a formação da lua terrestre, ocasionada também por uma colisão entre um corpo celeste — este, do tamanho de Marte — e a Terra, mandando parte da sua massa para a órbita do nosso planeta até se condensar e formar a Lua.

Luas de Urano e Terra podem ter sido formadas da mesma maneiraLuas de Urano e Terra podem ter sido formadas da mesma maneira