Não é exatamente uma novidade que homens pensam em sexo com certa frequência, mas uma nova pesquisa, realizada por cientistas da University College London, revelou que o cérebro masculino é composto também por duas células extras que fazem com que os cuecas deem prioridade ao sexo, inclusive colocando o rala e rola acima da necessidade de comer.

De acordo com um dos autores da pesquisa, o professor Scott Emmons, ainda que estejamos falando apenas de duas células, essa observação é fundamental para futuros estudos que busquem compreender melhor a sexualidade humana e suas nuances, o que inclui conceitos sobre orientação sexual e identidade de gênero.

A pesquisa não foi realizada em cérebros humanos, mas Emmons explica que é possível sugerir que o cérebro humano masculino tem neurônios diferentes dos do feminino. Essas diferenças podem alterar a forma como homens e mulheres percebem o mundo à sua volta e, inclusive, como priorizam seus comportamentos e suas necessidades.

Para a pesquisa, os cientistas avaliaram as células dos vermes da espécie Caenorhabditis elegans, que vivem no solo e chegam a medir 1 mm de comprimento. No caso desses vermes, eles existem como machos e hermafroditas, apenas.

Por mais bizarro que pareça, muitos testes científicos são realizados nesses vermes e aplicados à biologia humana. Isso acontece porque esses bichinhos minúsculos são formados por muitos genes iguais aos nossos.

Assim que descobriram que os vermes machos tinham duas células cerebrais a mais, os cientistas buscaram entender que impacto isso teria no comportamento desses animais. Para isso, os bichinhos ficaram em um ambiente monitorado, de modo que pudessem associar o aparecimento de sal à fome.

Com o passar do tempo, os vermes começaram a se mover na direção oposta ao sal. Em outra situação, quando o sal estava perto de um parceiro em potencial, os machos se arriscavam a chegar perto da substância, a fim de se dar bem, sexualmente falando. Os vermes hermafroditas, no entanto, continuaram a seguir em direção oposta ao sal. E aí, meninos, só vocês podem nos dizer se isso faz sentido. Em termos de prioridades, quem vem primeiro: sexo ou comida?