Que os dinossauros foram extintos devido a um meteorito que caiu na Terra já não é novidade. Porém, um novo estudo publicado pela revista Science, na última quinta-feira (7), mostra alguns fatores diferentes no ocorrido.

Antes, se acreditava que a fatalidade aconteceu 300 mil anos antes da extinção. Porém, pesquisas feitas com técnicas radiométricas de alta precisão mostram que o meteorito atingiu a Terra há exatos 66.038.000 anos, ou seja, 33 mil anos antes do desaparecimento.

Paul Renne, principal autor do estudo, comenta que o impacto do meteorito na Terra não foi a única causa do sumiço. O cientista, também professor da Universidade de Berkeley, cita variações climáticas com longos períodos de frio e grandes erupções vulcânicas na Índia.