Depois de uma estreia morna contra a Suíça e de uma vitória repleta de tombos e tropicões sobre a Costa Rica, eis que o próximo adversário do Brasil na Copa do Mundo é o time da Sérvia. A equipe vem participando do mundial de futebol como grupo independente desde 2006, isso porque, da primeira Copa, em 1930, até a edição da competição em 1990, o país era parte da República Socialista Federativa da Iugoslávia, juntamente com Kosovo e Voivodina, Croácia, Montenegro, Eslovênia, Bósnia-Herzegovina e Macedônia.

Então, da Copa do Mundo de 1994 até a de 2006, a Sérvia jogou em conjunto com Montenegro, e foi só a partir de do Mundial de 2010 que os sérvios começaram a participar da competição como time independente. De lá pra cá, a equipe não se qualificou para a edição sediada aqui no Brasil, mas conseguiu uma vaga para a Copa da Rússia, e esta será a primeira vez que se enfrentará com a Seleção Canarinho. Já tem um palpite sobre o placar do jogo? Pois, antes de decidir, conheça os nossos oponentes um pouco melhor através destas curiosidades:

1 – Todos os anos ocorre em Belgrado, na Sérvia, uma corrida de noivas pelas ruas da capital. O prêmio da competição? Um vestido de casamento novinho em folha.

2 – Outra competição inusitada que ocorre por lá é uma espécie de “Master Chef” anual no qual o principal ingrediente são os testículos de animais — como camelo, touro, javali, avestruz, canguru etc.

Homem comendo algo estranhoNão parece muito apetitoso, né? (The Guardian/Marko Drobnjakovic/AP)

3 – A Sérvia faz fronteira com a Bulgária, Romênia, Macedônia, Albânia, Bósnia-Herzegovina, Montenegro, Hungria e Croácia, e consiste em um país sem saída para o mar. A capital, Belgrado está entre as cidades mais antigas da Europa e outras localidades importantes são Novi Sad, Nis e Kragujevac.

4 – Falando em Croácia, existe entre a Sérvia e esse país um território disputado pelos dois países onde, em abril de 2015, foi proclamada a micronação da República Livre de Leberland que, apesar de não ser reconhecida por sérvios, croatas ou pela comunidade internacional, não há impostos compulsórios, controle de armas e a moeda local são os Bitcoins.

 Vilarejo de Gostusa Vilarejo de Gostusa (Serbia.com)

5 – Apesar de a Suíça levar a fama de supereficiente e precisa no que diz respeito à fabricação de relógios, a Sérvia começou a produzir esses mecanismos bem antes do que os suíços — pelos menos dois séculos antes.

6 – Um dos locais mais inusitados da Sérvia é a aldeia de Gostusa — na qual todas as residências e edifícios são feitos de exclusivamente de pedra, barro e materiais naturais. Aliás, como as estruturas que compõem o vilarejo vem resistindo firmes e fortes à passagem do tempo, ainda existem pessoas que residem no local.

Davolja VarosDavolja Varos (Serbia.com)

7 – Outro local interessante que fica em território sérvio é um local conhecido como Davolja Varos, cujo nome se traduz como “Cidade do Diabo”. Situado próximo à cidade de Kursumlija, o lugar consiste em uma formação geológica composta por 202 torres de rocha formadas por milhões de anos de erosão.

8 – Mas existem outras belezas naturais na Sérvia, como os “Portões de Vratna”, que são três pontes de pedra naturais, uma medindo 34 metros de altura, outra 30 m de comprimento, e a terceira, 15 m de largura.

Ponte de pedraUma das belíssimas pontes (Wikimedia Commons/????????????)

9 – Ainda sobre os recursos naturais sérvios, cerca de 30% do território é coberto por florestas e existem 70 espécies de mamíferos — entre eles, raposas, ursos, cervos e lobos — que escolheram o país como lar.

10 – E sabia que 18 Imperadores Romanos nasceram em territórios que hoje correspondem à Sérvia? Dentre eles, o mais famoso foi Constantino, responsável por acabar com a perseguição aos primeiros cristãos e declarar o cristianismo como religião.

Imperador ConstantinoMosaico do Imperador Constantino (Wikimedia Commons/Domínio Público)

11 – Nikola Tesla é, sem sombra de dúvidas, o cientista de etnia sérvia mais famoso do mundo. Outros nomes importantes foram Milutin Milankovic, matemático, astrônomo, geofísico e engenheiro responsável por desenvolver uma das teorias mais importantes sobre o movimento da Terra e sua influência nas variações climáticas, Mileva Maric, a física sérvia que foi a primeira esposa de Albert Einstein e contribuiu em suas pesquisas, e o físico e químico Mihajlo I. Pupin, responsável por acumular um grande número de patentes como inventor.

Nikola TeslaO genial Tesla (Wikimedia Commons/Marc Seifer Archive)

12 – Ademais, vale salientar que nada menos que 13 cientistas sérvios trabalharam no desenvolvimento do Projeto Apollo da NASA — aquele que culminou com a ida do homem à Lua.

13 – E para terminar, sabia que os sérvios estão entre os povos mais hospitaleiros do planeta e que “vampiro” é a palavra de origem sérvia mais usada e aceita mundo afora?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!