Alô alô, freguesia, é o bonde da memória que está passando! E está passando animado, porque nessa semana tem feriado! E quem não gosta de curtir um dia de folga, não é mesmo? Porém, você sabe o que fez do dia 15 de novembro uma data festiva?

Certamente, você já ouviu falar que esse dia marca a Proclamação da República, mas que tal recordar um pouquinho do que isso significou na prática? Para a história do Brasil, esse momento foi importantíssimo, pois marcou uma das mais relevantes transições do país, em termos de governo.

Além de entrarmos nesse tópico, trazemos um pouco sobre o aniversariante da semana, o artista europeu Auguste Rodin; um curioso e lindíssimo espetáculo desenhado nos céus da América do Norte muitos anos atrás; e outra mudança aqui na economia brasileira. E, claro, aquela clássica passeada por momentos significativos durante a Segunda Guerra Mundial, entre outros eventos históricos.

Fique com a gente para acompanhar tudo isso na coluna Drops Históricos desta semana!

12 de novembro

1840: Nasce o escultor francês Auguste Rodin

Sabe aquela famosa escultura de um homem sentado e pensando com a mão no queixo?

Trata-se de uma das grandes obras assinadas pelo artista Auguste Rodin e apresentada oficialmente ao público em 1904. Nascido em 12 de novembro de 1840 em Pantheon, Paris, ele foi criado tradicionalmente, em uma família conservadora, e desde cedo apresentou talentos para as artes, com seu começo de carreira marcado por alguns trabalhos muito similares ao estilo que figurava na época.

Ao longo dos anos, no entanto, não aceito na Escola de Artes de Paris, ele foi desenvolvendo uma assinatura muito própria para suas obras, que se distinguiam das demais de tal forma que Rodin é hoje considerado o pai da escultura moderna. Além de "O Pensador", ele assina trabalhos como "Portas do Inferno", "Balzac", "O Beijo", "Os Burgueses de Calais", "A Idade do Bronze", entre outras.

13 de novembro

1833: Chuva de estrelas no Hemisfério Norte

Ora (direis) ouvir estrelas! Certo,
Perdeste o senso!

Quando escreveu o poema que começa com esses versos, Olavo Bilac provavelmente não andava por aí ouvindo e vendo estrelas, literalmente. Mas meio século – ou mais! – antes que o poeta brasileiro escrevesse isso, pessoas do Canadá, dos Estados Unidos e do México de fato viram estrelas caírem pelo céu, tão próximas que parecia que o céu inteiro estava caindo.

Era 13 de novembro de 1833, e quem olhou para o céu naquela noite presenciou um verdadeiro espetáculo, quando uma chuva de meteoros dava às pessoas a impressão de que, realmente, choviam estrelas. Segundo alguns relatos, o céu parecia estar pegando fogo. De acordo com outros, chovia luz. Fato é que foi a maior chuva de meteoros da história recente do planeta.

14 de novembro

1975: Criado o Programa Nacional do Álcool

Diferente do que muita gente pensa, o chamado "milagre econômico" relatado em relação ao período em que o Brasil foi governado por ditadores militares não é exatamente o que se deduz pelo título. Na verdade, durante boa parte desse tempo – e, em 1975, somente a primeira década havia se passado desde o Golpe de 1964 – a crise econômica era intensa e afetava uma grande parcela da população.

Em 1973, o país passava por uma séria crise de petróleo, que levou o governo nacional a implementar um programa de incentivo à utilização do álcool etanol como combustível no lugar da gasolina. O Programa Nacional do Álcool – o Proálcool – nasceu em 14 de novembro de 1975, a partir de um decreto de Ernesto Geisel, com o desenho dos engenheiros Lamartine Navarro Júnior e Cícero Junqueira Franco.

Na época, os veículos precisaram passar por alterações e adaptações para poder circular com o álcool. O Dodge Polara foi o primeiro modelo equipado com motor a álcool.

15 de novembro

1889: Proclamação da República Brasileira

A monarquia vinha desgastada no Brasil desde a Guerra do Paraguai, na década de 1870, conflito em que muitos homens negros lutaram para ajudar na guerra, mas quando voltaram ao país tiveram que retornar a suas posições de escravos. A falta de uma descendência masculina para o Imperador D. Pedro II não ajudava, já que na época a liderança não passaria à princesa Isabel, mas ao marido dela, o francês Gastão de Orléans.

Assim, já era mais do que hora de romper com esse sistema político que continuava amarrando o Brasil a Portugal. Foi assim que, em 1889, no Rio de Janeiro, o Marechal Deodoro da Fonseca liderou um golpe militar por insistência de um grupo de revolucionários insatisfeitos com a monarquia.

16 de novembro

1940: Fechamento do Gueto de Varsóvia com muros

Muito se sabe sobre os famosos campos de concentração aos quais judeus eram enviados pelo regime nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Mas existia, nos primeiros anos do governo de Hitler, outro destino que era dado a pessoas com essa crença religiosa.

Os chamados guetos eram uma espécie de prisão, mas que não respondia a esse título. Na Polônia, o mais famoso era o Gueto de Varsóvia, que chegou a abrigar 380 mil pessoas, quase 30% da população da cidade, que viviam em uma situação assustadora de fome, falta de higiene e doenças decorrentes dessa condição. Em 16 de novembro de 1940, os alemães mandaram fechar o gueto com muros enormes, de forma que o isolamento fosse praticamente completo.

Boa parte dessas pessoas permaneceram ali até começarem a ser enviadas para os campos de concentração. Houve resistência, no entanto. Em 1942, grupos armados iniciaram alguns empreendimentos para lutar contra o nazismo, mas não foram suficientes. Em 1945, Hitler mandou destruir o gueto e qualquer registro documental de como era a vida naquele espaço. Ao final da guerra, a maioria das pessoas que viviam no Gueto de Varsóvia haviam sido mortas nas câmaras de gás.

17 de novembro

1903: Tratado de Petrópolis

Você sabia que o território que hoje conhecemos como o Estado do Acre nem sempre pertenceu ao Brasil? Sua incorporação à geografia nacional não é tão antiga assim – data de 1903, exatamente 115 anos atrás, quando aquele espaço foi integrado à nação pelo Tratado de Petrópolis.

Na época, o Barão do Rio Branco e Joaquim Francisco de Assis Brasil, representando o Brasil, e Fernando Guachalla e Cláudio Pinilla, representando a Bolívia, concordaram em alterar a fronteira entre ambos, em troca da construção de uma estrada de ferro que conduzisse as transações comerciais entre os países. E, uma vez que o governo brasileiro concordou em pagar 2 milhões de libras esterlinas ao vizinho, pode-se dizer que o Brasil comprou o Acre pelo que hoje equivale a cerca de 1 bilhão de reais.

18 de novembro

1987 e 1996: Incêndios no mundo

Ao que tudo indica, o dia 18 de novembro não é exatamente o mais tranquilo para se acender uma fogueira por aí. Em 1987, a estação de metrô de King's Cross – isso mesmo, aquela em que Harry Potter cruza a plataforma 9 3/4 para ir para Hogwarts –, em Londres, pegou fogo, matando 31 pessoas.

Um fósforo ou uma bituca de cigarro jogado em uma lixeira foi o suficiente para, ignorado pelos funcionários do metrô, escalar para um incêndio de proporções maiores que, alimentado pelo vento forte, se expandiu para além da escada rolante, subiu pelo teto do túnel principal e alcançou o hall da estação a uma velocidade impressionante de mais de 12 metros por segundo.

Nove anos depois, no mesmo dia, um incêndio atingiu o Eurotúnel, único túnel ferroviário da Europa, com 50 metros de extensão e que liga o Reino Unido e a França sob o Canal da Mancha. Dessa vez, pelo menos, ninguém se feriu!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!