Eis uma notícia pela qual muitos atletas não esperavam! Apesar de a indústria de suplementos ter investido bilhões no desenvolvimento de barrinhas, shakes, proteína em pó e outros itens do gênero, de acordo com Ross Pomeroy do portal Real Clear Science, um estudo recente apontou que um belo hambúrguer acompanhado de fritas pode ser tão eficaz quanto esses produtos voltados para esportes de alta performance.

Segundo Ross, a pesquisa foi conduzida por pesquisadores da Universidade de Montana, nos EUA. Decididos a testar a eficácia de produtos focados em melhorar a performance de esportistas, os cientistas conduziram um experimento no qual 11 atletas — do sexo masculino — realizaram atividades físicas vigorosas.

Experimentos

Primeiro, os cientistas colocaram os atletas para fazer uma série de resistência durante 90 minutos — após um período de 12 horas de jejum — e, depois, separaram os participantes em dois grupos. Um dos grupos recebeu barrinhas e proteína em pó, enquanto o outro se alimentou com uma variedade de comidinhas de fast food.

Depois de duas horas, os dois grupos de atletas se alimentaram novamente e aguardaram 120 minutos antes de pedalar 20 quilômetros o mais rápido que podiam em bikes ergométricas. Duas semanas mais tarde, o mesmo experimento foi repetido, mas com os grupos invertidos, ou seja, os que consumiram barrinhas no primeiro teste receberam fast food, e vice-versa — e todos passaram por uma bateria de exames.

Resultados

A análise dos resultados apontou que os atletas que se alimentaram de fast food completaram a sessão de pedalada tão depressa quanto os que realizaram os mesmos exercícios após ingerir os suplementos esportivos.

Além disso, os exames revelaram que os níveis de glicogênio — ou reserva energética — nos músculos eram superiores no grupo que recebeu a comida de fast food e, surpreendentemente, não foram detectadas diferenças nos níveis de insulina, colesterol, triglicerídeos ou glicose entre os grupos.

Suplementos x hambúrgueres

É importante destacar que, embora a pesquisa levante questões sobre a real eficácia dos suplementos de alta performance, os resultados acima refletem as análises de apenas um estudo. Também vale lembrar que os alimentos de fast food costumam ser supercalóricos, portanto, não é aconselhável que todo mundo simplesmente passe a se empanturrar de hambúrguer e batata frita depois de sair da academia.

De qualquer forma, o estudo nos faz avaliar se realmente vale a pena investir tanto dinheiro em suplementos de alta performance — e a considerar se não seria mais interessante comer um grelhado ou uma frutinha depois de malhar.