Em 2016, acontecem os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, a primeira edição disputada no Brasil, e a expectativa para a cidade e para o país, de receber o maior evento do esporte no mundo, é muito grande. Mas um outro evento também merece muito destaque e começa logo após os jogos principais: as Paraolimpíadas. Essa é a versão dos Jogos Olímpicos para as pessoas com deficiência e promove disputas tão emocionantes quanto os jogos principais.

O Brasil, por exemplo, na última edição dos Jogos Paraolímpicos, teve o melhor desempenho de sua história, alcançando o 7º lugar no ranking geral de medalhas. Os nossos para-atletas têm se superado cada vez mais. Um exemplo recente foi o dos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá, nos quais os brasileiros surpreenderam e conquistaram um total de 257 medalhas, sendo 109 de ouro, ficando na primeira posição do quadro geral. Para se ter uma ideia ainda melhor do desempenho no Parapan, os donos da casa ficaram na segunda colocação com menos da metade das medalhas de ouro, num total de 50. Incrível não acha?

E um desempenho desses merecia um reconhecimento do mesmo tamanho. Para isso, a organização dos jogos do Rio 2016 produziu um vídeo de divulgação das Paraolimpíadas 2016 que você pode conferir no topo da página. A postagem foi feita nesta semana e, em apenas um dia, alcançou a marca de 300 mil visualizações.

Não é para menos, o vídeo é sensacional e mostra pessoas comuns e atletas não profissionais se deparando com o desempenho de atletas paraolímpicos bem de perto, em uma academia, fazendo musculação, lutando judô e correndo em uma esteira. É emocionante ver a reação das pessoas que não costumam ver um para-atleta em ação tão de perto.

A ação é chamada de "O treino que muda opiniões" e tem como objetivo divulgar os Jogos Paraolímpicos do Rio e convidar o público para assisti-los. E quem não se comove com tamanho desempenho? Se depender da ação, o Brasil já larga na frente nas Paraolímpiadas.