1. Você realmente está disposta a abrir mão da sua intimidade?

Viver uma história de amor é uma maravilha; mas eis que, à certa altura da relação, a realidade bate à porta e você é obrigada a aprender a lidar com ela. Portanto, refletir sobre o fato de que você vai compartilhar a sua vida com outra pessoa é algo que precisa ser feito ainda no começo do relacionamento e pensado com a maior racionalidade possível.

Um grupo de pessoas

2. Você está preparada para ter filhos e abrir mão de alguns dos seus sonhos?

Quantos filhos você pretende ter? E com quantos anos você acredita que é a melhor idade para você e o seu parceiro os terem? Questões como essas parecem perguntas daqueles velhos cadernos de confidência da nossa infância, mas, quando adultas, são indagações que, muitas vezes, rondam nossa mente por um bom tempo e são difíceis de ser respondidas. Portanto, quanto mais cedo você refletir sobre elas, mais tempo você vai ter para fazer as coisas que você, individualmente, sempre sonhou em fazer.

Uma pessoa perto

3. Seu parceiro administra bem as próprias finanças?

Pode parecer insignificante essa pergunta, mas são muitas as histórias de amor que chegaram precocemente ao fim em decorrência de problemas financeiros. Portanto, analisar como seu potencial cônjuge administra os próprios gastos é praticamente uma maneira de prever como será o futuro de vocês dois.

Um grupo de pessoas

4. Você está preparada para viver dias sexualmente amenos?

Não existe relacionamento que não tenha experimentado dias difíceis em relação ao sexo. O segredo para contornar essas questões não está na farmácia, dentro de uma caixa de remédios, mas, sim, na disponibilidade de escuta sua e do seu parceiro sobre essas questões tão íntimas.

Um homem e uma mulher

5. Você está pronta para educar um filho e ouvir seu parceiro?

Especialistas afirmam que os conflitos religiosos e tradicionais em uma família geralmente começam após o nascimento de um bebê. Ambos os pais desejam transmitir aos seus filhos os antecedentes culturais que eles consideram os melhores. Portanto, estar aberta ao debate e às diferentes visões de mundo são pontos cruciais em um relacionamento maduro e que precisam ser levados em consideração.

Pessoa sentada numa mesa