Para algumas pessoas, dias nublados são também conhecidos como dias “feios”, “carrancudos”, e a falta dos raios do Sol e o excesso de nuvens no céu têm impacto direto na disposição e no bom humor dessas vítimas do mau tempo. Porém, existe uma pessoa apaixonada por essa condição meteorológica: atende pelo nome de Roberto Bertero.

Músico e fotógrafo, o italiano tem verdadeiro fascínio por capturar imagens acima das nuvens, em alturas que superam facilmente os 3 mil metros. “Essas visões são intangíveis, simples, elegantes e estão em constante mudança”, descreveu ele ao Bored Panda. A seguir, você confere os locais que permitiram a Bertero ter uma perspectiva incrível das paisagens acima da bruma:

1. Imagem feita do alto do Monte Chaberton, na França (3,1 mil metros)

França

2. Testa di Liconi, na Itália (2,9 mil metros)

Itália

3. Rocciamelone, na Itália (3,5 mil metros)

Itália

4. Col Agnel, na fronteira entre França e Itália (2,7 mil metros)

França e Itália

5. Alpes Marítimos, na Itália (2,4 mil metros)

Itália

6. Colle Gnifetti, na fronteira entre Suíça e Itália (4,4 mil metros)

Suíça e Itália

7. Pointe Droset, na França (2,9 mil metros)

França

8. Rocce Alte del Losas, na Itália (2,8 mil metros)

Itália

9. Rocciamelone, na Itália (3,5 mil metros)

Itália

10. Punta Lunella, na Itália (2,7 mil metros)

Itália