Sabe aquelas histórias que a gente sempre escuta depois de um avião cair, sobre pessoas que perderam o voo e, assim, continuaram vivas? Muitas tiraram o famoso fino de situações realmente perigosas.

Aqui estão algumas histórias inacreditáveis de pessoas que, mesmo sem saber, deram um perdido na dona morte.

1. Ronald Reagan

Ronal Regan

Aquela história de plantar agora para colher depois representa bem o que aconteceu com o ex-presidente dos Estados Unidos, Ronald Reagan, sem que ele tivesse a intenção. Em 1941, ele fez um filme chamado "Code to the Secret Service".

Acontece que quem viu o longa foi um cara chamado Jerry Parrr, que gostou tanto da produção que se inspirou e se tornou agente secreto nos Estados Unidos. Quarenta anos depois, foi o próprio Parr quem salvou a vida de Reagan quando John Hinckley tentou assassiná-lo.

2. William Seward

William Seward

O secretário de Estado de Abraham Lincoln estava marcado para morrer, mas simplesmente não era a hora dele. Uma semana antes de quase ser assassinado por Lewis Powell, Seward sofreu um acidente que o deixou com uma estrutura de metal até que se recuperasse.

Foi essa mesma estrutura que segurou a faca com a qual Powell tentou matá-lo, impedindo-a de cortar sua garganta.

3. Theodore Roosevelt

3

Parece roteiro de filme, mas na verdade essa história é que inspirou cenas cinematográficas.

O ex-presidente dos Estados Unidos Theodore Roosevelt colocou no bolso um case de óculos antes de subir no palco e fazer um discurso, e isso salvou sua vida. O case de metal parou uma bala que foi disparada para acertar bem no coração do presidente.

4. James Doohan

James

Antes de ser ator e fazer parte do elenco de "Star Trek", Doohan era um militar no Canadá. Durante esse período, outro soldado canadense se desesperou e disparou sua arma, acertando o colega seis vezes. James só não foi dessa para melhor por causa da cigarreira que estava em seu bolso. Ele sofreu bastante, perdeu o dedo e levou quatro tiros na perna, mas sobreviveu!

5. Dan Inouye

Dan Inouye

Enquanto lutava pelos Estados Unidos na Segunda Guerra Mundial, o ex-senador dos Estados Unidos e seu batalhão foram cercados por alemães. Durante o ataque, ele foi baleado no peito, e nada mais, nada menos, do que duas moedas de prata de 1 dólar seguraram as balas.

É isso aí, aqueles trocados que você distribui no sinaleiro podem ser a barreira entre a vida e a morte!

6. Luis XV

O rei da França não era exatamente muito bem quisto no século 18, e talvez isso tivesse algo a ver com o fato de que ele gostava de decapitar as pessoas.

Quando um popular tentou matá-lo com uma facada, Luis XV foi salvo pela pompa. Ele tinha a mania de usar sempre várias camadas de roupa, e a grande quantidade de tecido que envolvia seu corpo no momento — inclusive alguns bem espessos  reduziu a profundidade do ferimento.

Parece mentira, mas tente colocar várias camadas de tecido grosso uma acima da outra e enfiar uma faca através delas  depois nos conte se foi fácil superar as camadas com um único golpe. Não é! Mas atenção: não faça essa experiência usando outras pessoas como alvo!

7. Príncipe Hussein

Prince Hussein

Temos aqui mais um caso de "alguma coisa de metal bloqueando a bala". Durante uma visita a uma mesquita em Jerusalém com seu avô, em 1951, o príncipe da Jordânia foi atacado, e o avô morreu.

O príncipe, no entanto, foi salvo por uma medalha no uniforme que ele tinha acabado de ganhar  justamente do seu avô.

8. Tommy Allsup

Tommy Allsup

Parece o plot do filme "Depois daquela Montanha", mas é vida real. Era década de 60, e o músico estava viajando com um grupo de pessoas. Depois de um problema com o ônibus, eles decidiram alugar um avião. O problema é que não ia caber todo mundo na aeronave, que era pequena.

A essa altura do campeonato, você já deve imaginar o que pode ter acontecido. Os amigos decidiram jogar o famoso "cara e coroa" para decidir quem ia no avião, e Allsup perdeu na moedinha, mas ganhou vários anos de vida.

9. Seth MacFarlane

Seth MacFarlane

Um dos comediantes mais respeitados da atualidade, Seth MacFarlane é uma das pessoas que perderam um avião, mas cujo atraso compensou  e muito!

Depois de festar a noite inteira, acordar atrasado e de ressaca, ele chegou 10 minutos atrasado ao aeroporto e perdeu o voo que, mais tarde, se chocou contra as torres gêmeas. Era 11 de setembro de 2001.

10. Ian Thorpe

Ian Thorpe

O medalhista olímpico australiano tem uma história inacreditável de estar no lugar certo na hora certa. Também no dia 11 de setembro de 2001, ele tinha uma agenda de eventos que o colocava exatamente no lugar que mais tarde seria o mais vigiado do mundo nesse dia: o World Trade Center.

Acredite se quiser: ele foi até lá, mas percebeu que tinha esquecido sua câmera, então voltou ao hotel para buscá-la. Nesse meio-tempo, as torres gêmeas foram atacadas.

1212

Você conhece alguém que tem histórias similares? Conte pra gente nos comentários!