Quem nunca, durante uma viagem, perdeu a saída que precisava e teve que dirigir por mais uns tantos quantos quilômetros até encontrar um retorno? Sim, é uma situação chata, especialmente quando isso acontece ao final de um longo trajeto ou, ainda, quando não resta muito combustível. No entanto, o que ninguém, em hipótese alguma, deve fazer é a baita barbeiragem que o motorista do vídeo a seguir fez:

Como você acabou de assistir acima, ao que parece, o barbeiro — ou barbeira, vai saber! — ao volante do carro branco se deu conta que tinha perdido a saída que precisava pegar, parou com seu veículo, ocupando não uma, mas duas pistas, e ficou lá, pensando no que fazer da vida, no meio de uma rodovia movimentada! Então, motorista do caminhão vermelho, que vinha logo atrás e em alta velocidade, conseguiu (milagrosamente) não colidir bem passar por cima do automóvel, mas acabou tombando no acostamento.

E, mesmo assim, o motorista do carro branco fica lá, no meio da rodovia, contemplando suas opções. É aí que outro caminhão, desta vez azul e também circulando em alta velocidade, avista o barbeiro e (ao que tudo indica) afunda o pé no freio. Por muito, muito pouco, o caminhoneiro não acertou o veículo branco em cheio — e este, no lugar de parar em local seguro e encarar as consequências de sua falta de noção, simplesmente vai, lenta e tranquilamente em direção à saída e vai embora. Pode isso?

Braço de foca

De acordo com Jason Torchinsky, do site Jalopnik — que compartilhou o vídeo —, a cena inacreditável que você acabou de assistir aconteceu na China e foi capturada por câmeras de tráfego. Já as informações que se se encontram na descrição do clipe postado no YouTube (pelo usuário Père Noèl), a barbeiragem aconteceu na rodovia Changchun-Shenzhen e, segundo fontes policiais, o caminhão vermelho transportava frutas, enquanto o azul carregava combustível, e nenhum dos envolvidos sofreu ferimentos graves.

Com relação ao motorista que causou a confusão, parece que ele foi localizado, mas não existem informações se a pessoa teve a habilitação caçada, se vai enfrentar alguma consequência legal ou se o sujeito — ou “sujeita” — é algum biruta.