Por acaso você recebeu algum link, leu no feed das suas redes sociais ou encontrou na internet a informação de que o inverno de 2018 será o mais rigoroso dos últimos 100 anos? Pois antes de você começar a tirar os casacos do armário ou correr para renovar suas roupas e acessórios para enfrentar o frio, saiba que esse papo não passa de fake news.

Na realidade, o pessoal do portal de notícias UOL conversou com diversos especialistas, as previsões apontam que as temperaturas durante os meses de inverno devem cair em todo o país com relação às de 2017. Mas, frio rigoroso, de rachar, caso ocorra, deverá ser registrado em dias pontuais. Inverno congelante como o que andam anunciando por aí, só nos boatos mesmo.

O que esperar — na real?

Segundo Lucas Borges Teixeira, do UOL, o inverno deste ano não será necessariamente mais extremo — os dias de frio é que serão mais frequentes. Isso porque o fenômeno do La Niña — que causa o resfriamento da superfície do Pacífico — tornará as condições propícias para a entrada de mais frentes frias.

La NiñaO "La Niña" deve propiciar mais frentes frias (Discover Magazine)

Com isso, o outono será mais chuvoso e, consequentemente, as simulações apontam que o inverno terá dias mais nublados e úmidos — que fazem com que a sensação térmica seja mais baixa — e madrugadas não muito geladas. Como de costume, as regiões Sul e Sudeste do Brasil serão as que devem registrar as temperaturas mais reduzidas, e podem haver picos de frio ao longo da estação.

Confira outras fake news que fizeram sucesso na internet:

***

Sabia que fãs de filmes e séries agora estão no Clube Minha Série? Neste espaço, você também pode escrever e encontrar outros especialistas sobre seus programas favoritos! Acesse aqui e participe.