Nesse constante cenário de violência, não é incomum que nos perguntemos como nos proteger caso alguém armado invadir nossa casa. Nunca é muito bom pensar nisso, e não existem muitos objetos domésticos capazes de parar uma bala; afinal, ela é feita para não parar com qualquer coisa. Mas, a título de curiosidade, nós separamos alguns itens que podem fazer a diferença na hora do pânico.

Sempre é bom salientar que tudo depende do tipo da arma que o agressor estiver carregando. Se for um fuzil, não tem muito o que segure, considerando que os tiros de um são capazes de atravessar até um colete próprio para defesa. Já dos modelos mais comuns e mais “fracos” é mais fácil de escapar.

Uma parede de concreto, daquelas antigas com tijolos bem reforçados, faz melhor o serviço de te proteger de uma bala. Agora, se a parede for de gesso, o projétil de uma pistola de 9 mm passaria com bastante facilidade.

1

Sofás e a maioria dos outros móveis também não são uma boa escolha, já que, especialmente hoje em dia, o material usado costuma ser mais frágil. Agora, se você tiver um arquivo bem preenchido ou uma estante cheia de livros, o móvel, somado à quantidade de coisas dentro dele, pode ajudar. Uma porta de madeira maciça é útil nessa hora; já as ocas, não tanto.

De resto, não tem muito o que fazer. Aquela bala de 9 mm é capaz de atravessar uma frigideira de ferro fundido e um livro de mil páginas.

Esperamos que nunca seja necessário se esconder atrás de uma parede de concreto ou de uma estante, mas é melhor saber que essas opções são mais seguras que o sofá ou o guarda-roupa.