1. O mais rico

  • Rei Bhumibol Adulyadej (1946–2016 / Tailândia)

É de se esperar que um monarca seja rico, não é mesmo? Mas até entre a realeza existe o mais rico de todos. Com uma fortuna de mais de US$ 30 bilhões (cerca de R$ 111 bilhões), de acordo com a Forbes, o rei Bhumibol Adulyadej, da Tailândia, entrou para o Guinness em 2012. Falecido em 2016, sua cerimônia de cremação aconteceu somente 1 ano depois, com a construção de um monumento de mais de 50 metros de altura. Agora é seu filho e atual rei, Maha Vajiralongkorn, que administra a herança.

2. Reinado mais longo

  • Sobhuza II (1899–1982 / Suazilândia)

Se você pensou que a rainha Elizabeth II está há muito tempo no poder (mais de 65 anos, no caso), você não sabe de nada. O mais longo reinado foi registrado na Suazilândia, por Sobhuza II, que controlou a região durante 82 anos — praticamente toda sua vida, pois assumiu o trono com apenas 4 meses de idade.

Apesar de ser difícil confirmar, existem rumores de que o mais longo reinado tenha sido de 94 anos, do faraó egípcio, Phiops II, e talvez de Min Hti, rei de Arakan (parte de Myanmar), por 95 anos.

3. Reinado mais curto

  • Sultão Khalid bin Barghash (25–27 de agosto de 1896 / Zanzibar)

Dois dias. Esse foi o reinado mais curto registrado pelo Guinness e aconteceu em Zanzibar, ao leste da costa africana. Khalid bin Barghash assumiu o poder em 1896, mas os britânicos logo mandaram navios para combater o novo monarca, que acabou morrendo durante a guerra mais curta da história  apenas 1 hora.

4. Mais viajada

  • Rainha Elizabeth II (1952–até o momento / Reino Unido e comunidade britânica)

Apesar de não ter passaporte, a rainha Elizabeth II é a monarca que mais acumulou milhas até agora. Ela já realizou mais de 265 viagens, por 119 países  o que soma bem mais de 1,6 milhão de quilômetros. Os 53 países da comunidade britânica já foram visitados pela realeza, que só não fez check-in no Egito, na Argentina e na Grécia.

5. Mais herdeiros

  • Rei Abdulaziz Al-Saud (1932–1953 / Arábia Saudita)

Primeiro rei da Arábia Saudita, Abdulaziz Al-Saud teve 45 filhos, e o número de filhas é incerto. O que se sabe é que a família real tem mais de 15 mil membros atualmente. Seu filho mais velho, Rei Saud, seguiu seus passos e já tem 52 filhos e 54 filhas.

6. Mais letal

  • Nurhaci, imperador de Tianming (1616–1626 / Liaoning, China)

Vinte e cinco milhões. Esse é o número de pessoas mortas durante a queda da dinastia Ming, na China. O imperador Nurhaci, líder Manchu, da dinastia Qing, comandou a tomada do trono para combater a fome e as altas taxas cobradas do povo. O resultado foi o mais sangrento combate da História.

7. Mais esposas

  • Rei Ibrahim Njoya (1886–1933 / Bamum, Camarões)

Este recorde é polêmico. Apesar de o rei Henrique VIII ser famoso por suas seis esposas, quem leva o título de mais casamenteiro é o rei Ibrahim Njoya, da Arábia Saudita, com 30 mulheres. Mas, supostamente, o rei Sobhuza II da Suazilândia teria tido mais de 100 esposas.

8. Casamento mais longo

  • Takahito, Príncipe Mikasa (Japão)

Este recorde romântico é do casal Takahito, príncipe Mikasa do Japão, e Yuriko, princesa Mikasa. Eles se casaram em 1941 e ficaram juntos por 75 anos, até a data da morte do príncipe, em 2016. Quem está a fim de bater esse recorde é a rainha Elizabeth II e o príncipe Philip, que trocaram alianças em 1947.

9. Reinado mais amplo

  • Rainha Victoria (1837–1901 / Reino Unido)

Esse recorde vai para a rainha Victoria, que dominou cerca de um quinto do mundo durante seu reinado. A era vitoriana, como é chamada, foi o ápice do império britânico, marcando uma época de inovação e grandiosidade. A expansão do território foi consequência da disputa com outros países e o estabelecimento de rotas comerciais e colônias ao redor do mundo.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!