1. Cachoeira Honokohau, nos Estados Unidos

Nossa seleção começa com esta belíssima queda-d'água localizada em Maui, a segunda maior ilha do território havaiano. Por causa do difícil acesso, a melhor forma de conhecer a cachoeira é fazendo um sobrevoo de helicóptero.

2. Cenote Ik-Kil, no México

Cenotes são piscinas naturais de água doce formadas pela ação de rios subterrâneos e pelo desmoronamento de rochas calcárias. Há dezenas deles no México, e o mais famoso de todos é esse aqui, chamado de Ik-Kil. Por causa do crescente mercado do ecoturismo na região, o local contou com uma série de benfeitorias nos últimos anos — como a construção de passarelas e escadas e a revitalização das trilhas de acesso.

3. Lago Manchado, no Canadá

Segundo país mais extenso em termos territoriais, o Canadá abriga um dos lagos mais intrigantes da face da Terra. Chamado de Kliluk, sua estranha e incomum aparência se deve à abundante concentração dos mais variados tipos de minerais, tais como sulfato de magnésio, cálcio, prata e titânio.

4. Cachoeiras de Pongour, no Vietnã

Marcado por guerras devastadoras, o Vietnã, muitas vezes, não é associado ao turismo; porém, esta nação do Sudeste Asiático abriga lugares fascinantes, como é o caso dessas cachoeiras. Elas são mais visitadas durante a estação chuvosa por causa do grande volume-d'água das suas quedas; mas, mesmo nos meses mais secos do ano, sua beleza ímpar pode ser contemplada por quem está em busca de contato com a natureza.

5. Praia Escondida, no México

Localizado no arquipélago mexicano de Marietas, este refúgio de tranquilidade, também conhecido como "Praia do Amor", mostra que o litoral do país vai muito além da badalada Cancún. Para conservar as belezas da região, é terminantemente proibido nos arredores da praia construir casas, pescar ou praticar qualquer atividade nociva ao meio ambiente.

6. Prohodna, na Bulgária

A característica mais marcante dessa caverna na Bulgária são dois buracos 'esculpidos' na rocha, cujos formatos lembram olhos humanos. Chamadas pelos locais de "Olhos de Deus", essas aberturas permitem a entrada de luz natural na caverna, e, nos dias chuvosos, quando a água flui através delas, a impressão é de lágrimas escorrendo.

7. Monte Roraima, na tríplice fronteira de Brasil, Guiana e Venezuela

O sonho de qualquer montanhista brasileiro é desbravar a árdua trilha que leva ao cume do Monte Roraima, situado 2.810 metros acima do nível do mar. Esse monumento imponente por natureza é considerado por geólogos um tepui — tipo muito antigo de formação geológica encontrada no norte da América do Sul. Além das inúmeras quedas-d'água que despencam nas suas encostas, em seu interior, está situada a maior caverna de quartzo já identificada.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!