Nos dias atuais, o uso de smartphones se tornou algo natural para todos. Mesmo assim, há apenas alguns anos, esses aparelhos eram simples o suficiente para sequer pensarmos em, por exemplo, assinar um seguro celular para garantir a sua segurança. É hora de pensar nas funcionalidades que nunca imaginaríamos que teríamos em um celular há anos atrás, mas hoje são comuns.

1 – Tirar fotografias de qualidade profissional

Durante muito tempo, era inimaginável termos um aparelho celular com capacidades de uma câmera digital, muito menos com lentes de qualidade profissional. Aos poucos, fabricantes começaram a introduzir câmeras, ainda bastante limitadas, em seus aparelhos.

Mulher posando para foto (Giphy)

Com o avanço tecnológico dos próprios telefones celulares, que então se tornaram smartphones, câmeras digitais mais potentes foram se tornando parte integral dos aparelhos. Sejam iPhones, Samsungs ou até mesmo o Nokia Lumia 1020, com sua câmera de 41 megapixels, esses aparelhos se tornaram substitutos para máquinas digitais portáteis.

Hoje em dia, com exceção dos fotógrafos profissionais, que preferem suas câmeras dedicadas, todos usam seus celulares para registrar momentos com mais facilidade, entregando uma qualidade que, muitas vezes, pode rivalizar com a de câmeras DSLR.

2 – A internet na palma da mão

Há pouco mais de 20 anos, a internet ainda estava se popularizando, necessitando de linhas fixas de telefone para que fosse possível se conectar à rede. Conexões de banda larga ainda eram inviáveis e a tecnologia celular não tinha capacidade de fazer algo além de chamadas telefônicas e envio de SMS.

Pessoas usando o celular (Giphy)

Avance alguns anos e muitas pessoas não contam com um computador pessoal em suas residências, tendo seus smartphones como substitutos à altura para todas as atividades necessárias. Muitos usam os seus celulares para acessar sites, conversar com amigos e assistir a vídeos com facilidade, seja por conexão wi-fi ou móvel, com 3G ou 4G.

3 – Monitorar o seu corpo

Quando atletas ou apenas esportistas amadores queriam monitorar seus corpos durante atividades físicas, como a corrida, por exemplo, aparelhos criados exclusivamente para esse fim eram a solução para que esses dados pudessem ser estudados. Agora, não existe mais essa necessidade, pois telefones celulares realizam todo o monitoramento necessário.

Rapaz checando o celular (Giphy)

Com a evolução dos smartphones, tecnologias para contabilizar passos, velocidade e até mesmo batimentos cardíacos de usuários foram incluídas nos aparelhos, permitindo que eles se tornem verdadeiras plataformas de funções para esportistas.

Além disso, graças à tecnologia presente na maioria de telefones celulares, é possível enviar suas informações para aplicativos criados especialmente para profissionais analisarem seu desempenho, encontrando meios de melhorar o seu desempenho, enviando tudo para a tela do seu smartphone.

4 – Um videogame na palma da mão

No começo, existiam os fliperamas. Com a popularidade de jogos nesses locais, empresas passaram a criar consoles de videogames, que logo se popularizaram no mundo todo. Seja com Atari, Super Nintendo ou Mega Drive, videogames moldaram gerações em todo o planeta.

Homem Aranha ao celular (Giphy)

Apesar de existirem videogames portáteis, ainda faltava um pouco para que até mesmo quem não tinha um console em casa pudesse se divertir onde estivesse. Então, celulares ganharam o “jogo da cobrinha”.

Muitos pensavam que games de celular se limitariam a pequenos passatempos, mas, conforme os aparelhos foram se tornando mais poderosos, passando a ser smartphones, títulos melhores e maiores começaram a fazer parte do dia a dia de todos que andam com esses telefones. Tanto que, hoje em dia, é possível ver jovens, adultos e idosos, homens e mulheres, todos com algum jogo instalado em seus celulares para passar o tempo.

Sejam games simples, para gastar cinco ou dez minutos, ou versões de clássicos dos videogames, como Sonic e Mario, telefones celulares se transformaram em verdadeiros consoles, rivalizando em popularidade com máquinas criadas por empresas como Sony, Microsoft e Nintendo.

5 – Segurança de dados no seu bolso

Em um mundo digital e conectado como o nosso, cuidar de nossos dados e documentos é algo imprescindível. Antigamente, você deveria guardar tudo em pastas, anotar senhas em locais seguros e acessar serviços financeiros indo até uma instituição bancária.

Na atualidade, tudo isso pode ser feito a partir da tela do seu telefone celular. Com o avanço da tecnologia de smartphones, é possível garantir que seu aparelho armazene dados sensíveis com segurança.

Ratinho roubando celular (Giphy)

Acesso a documentos, digitalização de papéis, transações bancárias, tudo pode ser feito por meio de celulares, que podem ser protegidos com senhas comuns, impressões digitais e até mesmo através do reconhecimento facial. Inclusive, essas barreiras todas podem ser usadas como forma de impedir o acesso a computadores e outros aparelhos que você possui. Isso possibilita transformar seu telefone celular em uma chave para todos os seus dados.

Existem até serviços de Seguro Celular, que permitem que seu smartphone seja protegido contra roubos e avarias, apenas firmando ainda mais a importância desses aparelhos nos dias de hoje.

Essas são apenas algumas das inúmeras atividades que foram facilitadas com a evolução dos telefones celulares e smartphones. E a tendência é que, em alguns anos, esses aparelhos sejam ainda mais avançados, se convertam em verdadeiros computadores de bolso e se tornando parte indispensável de nossas vidas.

*Via assessoria.