A companhia aérea Japan Airlines (JAL) lançou uma nova facilidade para seus passageiros: a indicação de onde estarão sentados os bebês durante o voo. A ideia é oferecer viagens mais tranquilas para quem quer fugir dos barulhos e choros das crianças no avião.

A nova função indica para os viajantes onde estarão sentadas crianças com idades entre oito dias e dois anos por meio de um ícone. Dessa forma, é possível optar não só entre a difícil escolha da poltrona da janela ou corredor, mas também tentar a sorte de ter vizinhos tranquilos durante a viagem. A empresa afirma que, apesar do aviso, não garante silêncio completo entre a decolagem e a aterrizagem.

O ícone do bebê só aparecerá para passagens compradas diretamente com a companhia. Se a viagem for agendada por meio de outra empresa ou agência, a informação não estará disponível para os viajantes. Se houver mudanças repentinas na aeronave, o ícone também não será exibido, de acordo com o portal da Japan Airlines.

Apesar de a novidade não ter sido divulgada oficialmente pela empresa, muitos passageiros comemoraram nas redes sociais, enquanto outros lamentaram a ferramenta. A polêmica parece ter surgido com o post do empresário Rahat Ahmed, que parabenizou a JAL pela nova função na hora de escolher as poltronas para o voo. Desde então o assunto tem dividido opiniões entre usuários.

Enquanto algumas pessoas comemoram o uso da tecnologia para resolver problemas da humanidade, outras acreditam que a empatia é o melhor caminho:

Tim Hillier afirmou que, apesar de viajar bastante e se incomodar quando ouve o choro de um bebê, também é pai e odeia ver uma criança chorando. "Como um adulto, se você não puder ser um pouco tolerante e entender que não é possível controlar outras pessoas, o problema é você", afirmou.

No entanto, a companhia japonesa JAL não foi pioneira no assunto. A All Nippon Airways afirmou que já oferece o alerta infantil “há algum tempo”, de acordo com seu porta-voz. É claro que não são só os pequenos que perturbam os voos, já que os adultos também podem causar diversos problemas quando acham necessário.