Para fechar, com chave de ouro, os mais de oito anos de relacionamento e o compromisso matrimonial realizado no início de março, no Cairo, o casal egípcio Khaled, 36, e Peri, 35, decidiu aproveitar uma tranquila e justa lua de mel na costa paradisíaca de Cancún, no México, local tão sonhado por recém-casados. Porém, nunca imaginariam que a viagem se tornaria um pesadelo com o tempo, quando o surto de coronavírus se consolidou pelo planeta e as medidas restritivas de deslocamento passaram a ser aplicadas.

Habitantes de Dubai, a notícia de que as fronteiras do território mexicano estariam oficialmente fechadas foram reveladas quase duas semanas após a estadia na praia, quando foram impossibilitados de regressar aos Emirados Árabes Unidos. "Tínhamos acesso à Internet e começamos a receber mensagens das pessoas, que questionavam: 'Vão chegar à Dubai? Há uma nova lei, estão proibindo a entrada de expatriados'", disse Peri à BBC.

Segundo informado pelo casal, a entrada no avião para iniciar o retorno para casa estava em ordem, até que foram comunicados, já em Istambul, na Turquia, conexão do voo de Khaled e Peri, que não poderiam deixar o país ou ter acesso à área exterior ao aeroporto. Para piorar ainda mais a situação, foi confirmado que ambos estavam sem suas devidas passagens, proibindo de recuperarem suas bagagens e itens pessoais e fazendo-os ficarem retidos no local por dois dias.

(Fonte: BBC/Reprodução)(Fonte: BBC/Reprodução)

Foi então que o casal decidiu pesquisar os países próximos que permitiam a entrada de estrangeiros sem documentação. Além disso, não somente o fato do acesso ao país teria que ser analisado, mas também a existência de voos que pudessem transportá-lo para o interior da nação, já que a crise de saúde internacional restringiu, das mais diversas formas, a movimentação de estrangeiros e locais para além das fronteiras nacionais.

Após muita pesquisa, os dois foram para as Maldivas, possível destino inicial para sua lua de mel, conseguindo passar pela revista de imigração e serem hospedados por uma rede de hotel que ainda recebia clientes. Apesar do sucesso, a situação de fechamento de várias redes hoteleiras já fez o casal mudar de estadia duas vezes, enquanto aguarda um voo de volta para sua casa e vê os diversos obstáculos financeiros que estão surgindo durante o período de isolamento.