De acordo com o History, um grupo de astrônomos norte-americanos pretende construir um telescópio que será utilizado para vasculhar o espaço em busca de civilizações alienígenas. Segundo a publicação, o projeto já se encontra em seus primeiros estágios de desenvolvimento e, de momento, o equipamento foi batizado como “Colossus”.

O nome do telescópio é bem sugestivo: com aproximadamente 77 metros de envergadura e uma lente que deve ser mais poderosa do que qualquer outra em funcionamento até agora, os cientistas esperam que o equipamento seja capaz de detectar a existência de vida alienígena em planetas que se encontrem em um raio de 70 anos-luz da Terra.

Varredura espacial

Para isso, os astrônomos utilizarão o Colossus para realizar varreduras nas superfícies dos planetas, com o objetivo de detectar emissões infravermelhas. Até agora, as buscas realizadas sempre se basearam na identificação de possíveis sinais transmitidos por formas de vida extraterrestres.

O escaneamento das superfícies não permitirá que os cientistas obtenham imagens claras das cidades alienígenas — no caso de que exista alguma tão perto da Terra —, mas o telescópio permitirá que qualquer emissão nessa faixa de energia seja nitidamente registrada. O local onde o Colossus será construído ainda não foi divulgado, mas a suspeita é de que ele seja instalado na região da Baja Califórnia, no México.