Segundo o portal de notícias Corriere della Sierra, até à tarde desta quinta-feira (25), foram confirmadas as mortes de pelo menos 250 pessoas depois que um terremoto de magnitude 6,2 na escala Richter atingiu a região central da Itália. O abalo sísmico aconteceu às 22h36 da quarta-feira (horário de Brasília) e destruiu várias cidades e vilas, principalmente nas regiões do Lácio, da Umbria e de Marcas. Abaixo, você confere como ficaram alguns lugares depois do terremoto:

1. Centro da cidade de Amatrice, na região do Lácio

(Reprodução/Bored Panda)

2. Rua da cidade de Amatrice, na região do Lácio

(Reprodução/Bored Panda)

3. Vilarejo de Pescara del Tronto, situado a cerca de 13 km do epicentro do terremoto

(Reprodução/Bored Panda)

4. Estrada próxima de Amatrice que teve parte da sua barreira de proteção destruída

(Reprodução/Bored Panda)

5. Escadaria entre duas casas na cidade de Arquata del Tronto, na região de Marcas

(Reprodução/Bored Panda)

6. Um campanário foi uma das poucas construções a ficarem de pé nesta rua de Amatrice

(Reprodução/Bored Panda)

7. Depois do abalo sísmico, o interior desta casa em Amatrice acabou ficando à mostra

(Reprodução/Bored Panda)

8. Este templo em Amatrice ficou parcialmente danificado

(Reprodução/Bored Panda)

9. Da mesma forma que a fachada desta agência postal em Arquata del Tronto

(Reprodução/Bored Panda)

10. Devastação no centro de Amatrice, uma das regiões mais movimentadas da cidade

(Reprodução/Bored Panda)

11. Em Arquata del Tronto, socorristas procuram por vítimas em meio aos escombros 

(Reprodução/Bored Panda)

12. Moradores de Amatrice ficam em choque com o cenário desolador que a pacata cidade se tornou

(Reprodução/Bored Panda)

13. Além das centenas de mortes, o prejuízo ao patrimônio histórico destas cidades é irreparável

(Reprodução/Bored Panda)