Você provavelmente já brincou de “identificar” diferentes formas em nuvens, não é? Às vezes, era possível ver o contorno de um cachorro ou um anjo com a asa meio quebrada — só precisava ter paciência e muita imaginação.

Mas nem sempre o que vemos é coisa da nossa cabeça. Nós separamos 11 tipos formações fascinantes que foram estudadas por meteorologistas durante séculos:

1. Lenticular

Estas são nuvens em formato de lente e que surgem sempre em altas altitudes e em alinhamento perpendicular à direção do vento. Normalmente, você pode encontrar este tipo de formação sobre uma cadeia de montanhas, quando o ar está estável e úmido. Acredite, estas nuvens já foram muito confundidas com objetos voadores não identificados.

2. Asperatus

As nuvens Asperatus já tiveram outro nome: “Jacques Cousteau”, em homenagem ao mergulhador e ecologista francês. O motivo é simples: elas lembram muito o mar agitado quando visto de baixo.

Apesar de parecer um sinal de tempestade, esta formação tende a se desfazer rapidamente, segundo Gavin Pretor-Pinney, fundador da Sociedade de Apreciação de Nuvens.

3. Noctilucent

Com um nome que significa “noite brilhando” em latim, as nuvens Noctilucent são formadas na alta atmosfera e são feitas de cristais de gelo. Costumam aparecer no verão, em latitudes entre 50° e 70° norte e sul da linha do Equador.

4. Fallstreak: buraco nas nuvens

Este fenômeno raro acontece quando a temperatura da água nas nuvens está abaixo do congelamento, mas ainda não houve a nucleação das partículas de gelo. Então, quando uma porção de água começa a mudar de estado físico, acaba fazendo com que o vapor ao redor congele e saia do lugar, deixando um grande buraco no local.

5. Mammatus

Estas diferentes nuvens são sinal de tempestade e outros eventos meteorológicos extremos. Costumam se formar no ar descendente, ao contrário da maioria das outras nuvens e seu nome deriva do termo “mamma”, associado ao formato de mamas ou seios.

6. Ondas nas nuvens

Olha só estas nuvens: parece até que o mar mudou de lugar e está provocando estas ondas no céu. Este efeito é conhecido como “Instabilidade de Kelvin-Helmholtz” e ocorre quando camadas de ar se movimentam na mesma direção, porém em velocidades diferentes.

7. Iridescentes

 Outro fenômeno raro e extremamente bonito é o das nuvens iridescentes, que mais parecem pedaços de arco-íris flutuando por aí. Elas são formadas por gotículas de água pequenas e que, quando são iluminadas, difratam a luz.

8. Tubular

Estes “túneis” no céu se formam quando uma tempestade umidifica o ar quente e faz com que ele fique próximo à frente fria.

9. Prateleira

Como o próprio nome já indica, estas nuvens lembram prateleiras e são longas, baixas e densas. Normalmente, precedem uma tempestade.

10. Pirocúmulo

Também chamada de “nuvem de fogo”, a pirocúmulo é uma nuvem falsa causada por atividade vulcânica ou incêndio. Assim, ela surge através do intenso aquecimento do ar a partir da superfície.

11. Estratosférica polar

A nuvem estratosférica polar é formada na estratosfera, em altitudes entre 15 mil e 25 mil metros. São encontradas perto das zonas polares e durante o inverno. 

De qual destas formações você gostou mais? Comente no Fórum do Mega Curioso