Você já deve ter conferido uma série de projetos bacanas que precisam de uma forcinha coletiva para serem colocados em prática. Conhecido no Brasil como “financiamento coletivo”, esse tipo de iniciativa usa a internet como um meio de divulgar uma ideia e arrecadar dinheiro para torná-la realidade.

Por aqui, o Catarse é um dos sites mais usado pelos grupos para espalhar as boas ideias e arrecadar a grana necessária. Lá fora, o portal de “crowdfunding” mais usado é o Kickstarter. Porém, como qualquer pessoa pode inscrever seu projeto de financiamento coletivo nesses sites, é comum que algumas ideias esquisitas apareçam no meio de excelentes projetos.

E para que você confira algumas dessas ideias fora do convencional, o site Oddee criou uma lista com alguns dos financiamentos coletivos mais estranhos que já passaram pela internet. Pode até ser que os idealizadores tivessem boas intenções, mas os projetos não deixam de surpreender por tamanha criatividade. Qual deles você apoiaria?

1) Piscina flutuante

O projeto da +Pool é sensacional e ganhou um lugar nessa lista exatamente por ser inusitado. Três jovens resolveram tentar arrecadar fundos – 250 mil dólares, no caso – para a construção de uma piscina no East River, em Nova York, nos Estados Unidos. Com um formato diferente e um design que faz com que a estrutura flutue sobre as águas do rio, os idealizadores conseguiram conquistar o público e levantar a grana necessária para começar a construção da piscina.

Como recompensa, os financiadores do projeto terão seus nomes ou uma mensagem que escolherem gravados nos azulejos que farão parte da atração. De quebra, aqueles que doaram a partir de 49 dólares garantiram o primeiro mergulho na moderna piscina.

2) TARDIS no espaço

Com a chegada da data que marca o aniversário de 50 anos da série Doctor Who, alguns fãs da série decidiram fazer uma homenagem impressionante. O projeto foi lançado no Kickstarter em maio e tinha como objetivo arrecadar 33 mil dólares que seriam usados para enviar uma réplica da TARDIS – a nave espacial que é um dos principais símbolos da série – para o espaço.

Uma ideia maluca, não é mesmo?! Mas pelo jeito os fãs da série acharam que essa seria uma boa maneira de celebrar o aniversário do programa e, juntos, levantaram mais de 88 mil dólares para o projeto. Em troca, os apoiadores receberão pôsteres, camisetas, fotografias do espaço obtidas pela TARDIS e o mais incrível é que alguns poderão armazenar arquivos no HD que acompanha a peça no espaço. A equipe responsável deve colocar a peça em órbita no dia 23 de novembro.

3) Cérebro gigante

Diferentemente dos projetos anteriores, o Burn Your Brain não fez sucesso e, por consequência, não conseguiu alcançar a meta de arrecadação. Talvez isso tenha acontecido porque a proposta envolvia a construção de um cérebro gigante em papel machê com aproximadamente 3 metros de comprimento, 2 metros de largura e 1,5 metros de altura.

O objetivo era equipar o cérebro com luzes, caixas de som e botões que permitissem que as pessoas entrassem na escultura e interagissem com diferentes partes do órgão. A instalação faria parte do Burning Man – um festival de arte, cultura e tecnologia que acontece anualmente no deserto Black Rock, nos Estados Unidos.

4) Camiseta da Miley Cyrus

Fonte da imagem: Reprodução/Kickstarter

Não há como negar que a atitude de Miley Cyrus em suas últimas aparições dividiram opiniões. E basta navegar um pouco na internet para encontrar uma série de GIFs e memes que fazem referência à dança sensual que a cantora americana anda exibindo por aí.

Inspirado pelo famoso twerking de Miley Cyrus, o projeto Miley F*cking Cyrus Shirts pretendia arrecadar verbas para fazer camisetas com a imagem da cantora, como se ela estivesse dançando no seu corpo. Com o slogan “Em algum lugar na América, Miley Cyrus está fazendo twerking”, o criador do projeto conseguiu colocá-lo em prática.

5) Voe, Snowden, Voe

 

Fonte da imagem: Reprodução/The Guardian

Edward Snowden – mundialmente conhecido por ter compartilhado informações secretas dos governos americano e britânico – recentemente passou um período exilado no aeroporto de Moscou, na Rússia. Pensando em ajudar o analista de inteligência a sair do país, um jovem criou uma campanha para arrecadar fundos que custeariam seus voos.

Batizado com o nome de “Fly Edward Snowden Fly”, o projeto tinha como principal objetivo levar Snowden da Rússia até a Venezuela, país que havia lhe oferecido asilo. O projeto já saiu do ar e tudo indica que não teve sucesso. De acordo com a notícia do site Mashable, a meta era conseguir 200 mil dólares, mas apenas 321 dólares haviam sido doados quando restavam 10 dias para o fim da arrecadação.

O alto custo do projeto é justificado pelo reduzido número de opções de voo que permitiam que o analista chegasse a seu destino. Supõe-se que seria preciso pegar um avião privado e ir direto de Moscou à Caracas sem que fosse possível parar para reabastecer a aeronave.

6) Bicicleta voadora

Quem nunca, quando criança, quis que sua bicicleta tivesse asas e fosse capaz de levar até o céu? Paravelo reunia essas características, porém o projeto não alcançou o mesmo sucesso da revolucionária piscina flutuante. A repercussão na mídia foi excelente e as modernas bicicletas voadoras bem que podiam ter virado realidade.

No entanto, das 50 mil libras necessárias para tirar o projeto do papel, apenas 9 mil libras foram arrecadadas. Uma pena, afinal a estimativa era de que as bicicletas conseguissem alcançar 24 km/h no solo e 40 km/h no ar a uma altura de um quilômetro – o que faria muita gente feliz com uma simples pedalada.

7) Máscara de sonhos

Quem não quer ter uma boa noite de sono? Melhor ainda se você puder relaxar profundamente e desfrutar de um sonho agradável, não é mesmo?! Pois é exatamente esse o objetivo de um dos financiamentos coletivos mais estranhos da internet.

Remee é uma máscara de dormir que dispõe de alguns recursos tecnológicos que permitem controlar seus sonhos. Para colocar o projeto em prática, os responsáveis pediram 35 mil dólares através do Kickstarter. Não se sabe ao certo se foi por interesse ou curiosidade na novidade, mas foram arrecadados mais de 580 mil dólares e as máscaras já começaram a ser produzidas.

8) Forma Pi

Essa criação pode até não agradar as confeiteiras, mas com certeza terá um lugar especial na cozinha dos geeks de plantão. Após três anos desenvolvendo modelos e protótipos, os responsáveis investiram no projeto que precisava de 2 mil dólares para se tornar realidade.

Assim como as máscaras tecnológicas, as Pi Pans – formas de bolo em formato de π – conquistaram uma série de fãs interessados que, juntos, doaram mais de 17 mil reais. Aqueles que contribuíram com 15 dólares ou mais garantiram uma forma para comemorar datas especiais de um jeito muito mais nerd.

9) Cabeça do Lionel Richie

Esse é mais um projeto que foi criado com o intuito de se tornar atração em um festival. A diferença é que aqui a coisa deu certo e o Bestival – que aconteceu no início de setembro na Inglaterra – contou com uma cabeça inflável gigante do cantor Lionel Richie.

A um ano atrás, a primeira tentativa dos idealizadores de levantar fundos para construir a cabeça de Lionel Richie havia dado errado. Mas eles não desistiram e na segunda vez, em vez de arrecadar as 4,9 mil libras de que precisavam, arrecadaram 8 mil libras. Aqueles que colaboraram com o projeto ganharam máscaras, camisetas e bonés com o rosto do cantor como forma de agradecimento.

10) Carregador de melancia

Não há como negar que melancia é uma fruta desajeitada e difícil de carregar. Com essa ideia em mente – e depois de ter derrubado uma melancia e feito a maior sujeira na sua casa –, Mike Draghici resolveu criar um dispositivo para transportar melancias com segurança e facilidade.

Diferentemente dos outros projetos, esse ainda está recebendo as contribuições, que começam em 5 dólares. Mas parece que o idealizador está longe de bater sua meta: a 12 dias do encerramento do financiamento coletivo foram doados apenas 327 dólares, sendo que sua meta é 25 mil dólares.